Audioteca | CONSCIÊNCIA NEGRA

Programa Comportamento discute as lutas da população negra e os direitos conquistados no Brasil


Clarissa Siqueira discutiu racismo, políticas públicas, preconceitos, empoderamento e direitos conquistados pelos negros no Brasil.

Publicado em 23/11/2015, às 11:55


Da Rádio Jornal
Postado por Luiza Falcão


De acordo com os últimos dados do IBGE, 53% dos brasileiros se autodeclararam negros ou pardos, diante de 45,5% que se disseram brancos. Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2014, divulgados neste mês, mostram uma inversão na forma como o brasileiro vê a si mesmo. Em 2004, 51,2% dos entrevistados se diziam brancos, enquanto 47,9% afirmavam ser negros.

Quando se analisa a fundo o significado de negro, a mudança é ainda mais significativa. Se entende como negra toda pessoa que se afirme parda ou preta. Há 10 anos, de 42% se declaravam pardos e 5,9% se diziam pretos. Hoje, 45% se diz parda e 8,6% se assume negra. 

Esses E você, se declara o quê? Sente orgulho do seu cabelo crespo, nariz largo e cor escura? Já sofreu preconceitos porque já se relacionou ou se relaciona com uma pessoa de raça diferente da sua? Clarissa Siqueira discutiu ‎racismo?, políticas públicas?, preconceitos, empoderamento e ‎direitos? conquistados pelos negros no Brasil. A apresentadora recebeu a enfermeira e ativista do movimento negro, Rosário Trindade, a advogada especialista em direitos humanos e vice-presidente do Instituto Maria da Penha, Regina Célia, e ativista social, Joeb Andrade.

Na coluna "Meus amores da Televisão", Rafael Souza lembrou os principais personagens negros da televisão brasileira, as polêmicas em torno da escolha dos atores e o avanço do número de negros na dramaturgia.

Audioteca

Programa Comportamento discute as lutas da população negra e os direitos conquistados no Brasil



Publicado em 23/11/2015, às 11:55


Da Rádio Jornal
Postado por Luiza Falcão


De acordo com os últimos dados do IBGE, 53% dos brasileiros se autodeclararam negros ou pardos, diante de 45,5% que se disseram brancos. Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2014, divulgados neste mês, mostram uma inversão na forma como o brasileiro vê a si mesmo. Em 2004, 51,2% dos entrevistados se diziam brancos, enquanto 47,9% afirmavam ser negros.

Quando se analisa a fundo o significado de negro, a mudança é ainda mais significativa. Se entende como negra toda pessoa que se afirme parda ou preta. Há 10 anos, de 42% se declaravam pardos e 5,9% se diziam pretos. Hoje, 45% se diz parda e 8,6% se assume negra. 

Esses E você, se declara o quê? Sente orgulho do seu cabelo crespo, nariz largo e cor escura? Já sofreu preconceitos porque já se relacionou ou se relaciona com uma pessoa de raça diferente da sua? Clarissa Siqueira discutiu ‎racismo?, políticas públicas?, preconceitos, empoderamento e ‎direitos? conquistados pelos negros no Brasil. A apresentadora recebeu a enfermeira e ativista do movimento negro, Rosário Trindade, a advogada especialista em direitos humanos e vice-presidente do Instituto Maria da Penha, Regina Célia, e ativista social, Joeb Andrade.

[uolmais_audio 15686523]

[uolmais_audio 15686525]

[uolmais_audio 15686526]

[uolmais_audio 15686527]

Na coluna "Meus amores da Televisão", Rafael Souza lembrou os principais personagens negros da televisão brasileira, as polêmicas em torno da escolha dos atores e o avanço do número de negros na dramaturgia.