Audioteca | RÁDIO DO POVO

Rádio do Povo no Loteamento Boa Esperança, em Igarassu


O repórter Adilson Oliveira ouviu queixas da população que reclama sobre várias demandas

Publicado em 21/07/2016, às 22:03


Rádio Jornal
Foto: Adilson Oliveira/Rádio Jornal 

No escuro: Depois que o serviço de iluminação pública foi municipalizado em Igarassu, as queixas viraram rotina. As pessoas denunciam que cerca de 90% dos postes do loteamento boa esperança, em Cruz de Rebouças, estão com as lâmpadas apagadas ou funcionam precariamente. Apesar de o sistema ser ruim, a prefeitura continua cobrando a taxa de iluminação pública. O presidente da Associação dos Moradores do loteamento boa esperança, Claudemir da Silva Jerônimo, fez duas solicitações à coordenação administrativa do programa ilumina Igarassu, mas até o momento as demandas não foram resolvidas. Ele se queixa que os marginais estão se aproveitando da escuridão para praticar estupros e latrocínios.

Ouça as reportagens 

No lugar errado: A dona de casa Helitan Maria da Silva reclama que o departamento de iluminação da prefeitura de Igarassu instalou um poste dentro do quintal da residência da mãe dela, na 4.ª travessa da assembleia de deus, 775, loteamento boa esperança. Ela pede que o governo municipal reveja a questão.

Foto: Adilson Oliveira/Rádio Jornal

Calçamento desmanchando: Com menos de três meses de inaugurada, a Rua da Assembleia, já apresenta problemas na estrutura. A comunidade reclama que as pedras do calçamento estão soltas em diversos pontos da via. O problema é mais acentuado em frente aos números 91 e 101. 

Foto: Adilson Oliveira/Rádio Jornal

Área de risco: o auxiliar de produção Ezequias Gomes, residente na rua da Assembleia de Deus, número 102 e reivindica da prefeitura de Igarassu a construção de um muro de arrimo na barreira que fica nos fundos da casa dele. Parte do terreno deslizou e o risco de acidente é iminente. Ezequias Gomes alega que a lona plástica aplicada no local não oferece qualquer tipo de segurança.
 
Lixo: O presidente da Associação dos Moradores do Loteamento Boa Esperança, Claudemir da Silva Jerônimo, cobra a erradicação do ponto crítico de lixo que fica no final da Rua da Assembleia.
 
Só promessa: O vice-presidente da associação dos moradores do loteamento boa esperança, Evandro José de oliveira, reivindica a construção de uma canaleta que passa dentro do quintal da casa dele. O líder comunitário disse que o prefeito já esteve no local para avaliar a demanda e prometeu realizar o serviço. Mas até o momento nenhuma providência foi tomada. A casa de Evandro José fica na 2.ª travessa da assembleia, 433, loteamento voa esperança.

Audioteca

Rádio do Povo no Loteamento Boa Esperança, em Igarassu



Publicado em 21/07/2016, às 22:03


Rádio Jornal
Foto: Adilson Oliveira/Rádio Jornal 

No escuro: Depois que o serviço de iluminação pública foi municipalizado em Igarassu, as queixas viraram rotina. As pessoas denunciam que cerca de 90% dos postes do loteamento boa esperança, em Cruz de Rebouças, estão com as lâmpadas apagadas ou funcionam precariamente. Apesar de o sistema ser ruim, a prefeitura continua cobrando a taxa de iluminação pública. O presidente da Associação dos Moradores do loteamento boa esperança, Claudemir da Silva Jerônimo, fez duas solicitações à coordenação administrativa do programa ilumina Igarassu, mas até o momento as demandas não foram resolvidas. Ele se queixa que os marginais estão se aproveitando da escuridão para praticar estupros e latrocínios.

Ouça as reportagens 
[uolmais_audio 15935334]

[uolmais_audio 15935473]

[uolmais_audio 15935477]

No lugar errado: A dona de casa Helitan Maria da Silva reclama que o departamento de iluminação da prefeitura de Igarassu instalou um poste dentro do quintal da residência da mãe dela, na 4.ª travessa da assembleia de deus, 775, loteamento boa esperança. Ela pede que o governo municipal reveja a questão.

Foto: Adilson Oliveira/Rádio Jornal

Calçamento desmanchando: Com menos de três meses de inaugurada, a Rua da Assembleia, já apresenta problemas na estrutura. A comunidade reclama que as pedras do calçamento estão soltas em diversos pontos da via. O problema é mais acentuado em frente aos números 91 e 101. 

Foto: Adilson Oliveira/Rádio Jornal

Área de risco: o auxiliar de produção Ezequias Gomes, residente na rua da Assembleia de Deus, número 102 e reivindica da prefeitura de Igarassu a construção de um muro de arrimo na barreira que fica nos fundos da casa dele. Parte do terreno deslizou e o risco de acidente é iminente. Ezequias Gomes alega que a lona plástica aplicada no local não oferece qualquer tipo de segurança.
 
Lixo: O presidente da Associação dos Moradores do Loteamento Boa Esperança, Claudemir da Silva Jerônimo, cobra a erradicação do ponto crítico de lixo que fica no final da Rua da Assembleia.
 
Só promessa: O vice-presidente da associação dos moradores do loteamento boa esperança, Evandro José de oliveira, reivindica a construção de uma canaleta que passa dentro do quintal da casa dele. O líder comunitário disse que o prefeito já esteve no local para avaliar a demanda e prometeu realizar o serviço. Mas até o momento nenhuma providência foi tomada. A casa de Evandro José fica na 2.ª travessa da assembleia, 433, loteamento voa esperança.