Audioteca | ELEIÇÕES AMERICANAS

Especialista analisa discurso de Trump após vitória nos Estados Unidos


O professor de história Thales Castro comentou a vitória inesperada do milionário Donald Trump contra Hillary Clinton nos Estados Unidos

Publicado em 09/11/2016, às 11:25


Rádio Jornal
Foto: reprodução/internet


Em entrevista durante o quadro Passando a Limpo desta quarta-feira (9) o cientista político Thales Castro, especialista em relações internacionais, avaliou a vitória do candidato republicano Donald Trump nos Estados Unidos. Thales vê como paradoxal a retórica de Trump após declarada a vitória ao dizer que será o presidente de todos os americanos. "É uma retórica um tanto paradoxal para o que ele preconizou quando quando estava candidato. Ainda vamos colher os frutos por muito tempo dessa avançada da direita conservadora. Estamos ainda todos bastante atordoados e isso vai gerar ainda muito tempo de reflexão para entender esse fenômeno", comenta.

Mesmo com os discursos pós-vitória em tom de apaziguamento, o cientista político acredita que o presidente eleito não deve mudar seu posicionamento de extrema direita. "A eleição de Trump simboliza o enterro do politicamente correto. As declarações polêmicas são a marca dele. Isso vai ter reverberação para outros países. Eu acredito que ele deve continuar na linha da direita conservadora e continuar com a bandeira dele", conclui. 

» Jair Bolsonaro se compara a Trump e comemora vitória do republicano

Apesar de considerar cedo para traçar uma avaliação mais profunda do cenário político americano, Thales Castro leva em consideração que uma vez assumindo o cargo, algo ainda pode mudar no comportamento e nas medidas adotadas por Trump. "Um candidato com propostas estapafúrdias e polêmicas é uma coisa, um presidente empossado é outra. Existe a solidão do poder e os constrangimentos políticos. Uma vez no poder, você percebe que tem muito mais amarras do que o candidato pensava", diz Thales.

PASSANDO A LIMPO 

O programa Passando a Limpo vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 9h às 10h, na Rádio Jornal. Nesta quarta, a bancada foi composta pelo comunicador Geraldo Freire, pelo radialista Wagner Gomes e a diretora adjunta de conteúdos digitais do Sistema Jornal do Commercio Maria Luiza Borges. Ouça o programa completo:

Audioteca

Especialista analisa discurso de Trump após vitória nos Estados Unidos



Publicado em 09/11/2016, às 11:25


Rádio Jornal
Foto: reprodução/internet


Em entrevista durante o quadro Passando a Limpo desta quarta-feira (9) o cientista político Thales Castro, especialista em relações internacionais, avaliou a vitória do candidato republicano Donald Trump nos Estados Unidos. Thales vê como paradoxal a retórica de Trump após declarada a vitória ao dizer que será o presidente de todos os americanos. "É uma retórica um tanto paradoxal para o que ele preconizou quando quando estava candidato. Ainda vamos colher os frutos por muito tempo dessa avançada da direita conservadora. Estamos ainda todos bastante atordoados e isso vai gerar ainda muito tempo de reflexão para entender esse fenômeno", comenta.

[uolmais_audio 16053464]

Mesmo com os discursos pós-vitória em tom de apaziguamento, o cientista político acredita que o presidente eleito não deve mudar seu posicionamento de extrema direita. "A eleição de Trump simboliza o enterro do politicamente correto. As declarações polêmicas são a marca dele. Isso vai ter reverberação para outros países. Eu acredito que ele deve continuar na linha da direita conservadora e continuar com a bandeira dele", conclui. 

» Jair Bolsonaro se compara a Trump e comemora vitória do republicano

Apesar de considerar cedo para traçar uma avaliação mais profunda do cenário político americano, Thales Castro leva em consideração que uma vez assumindo o cargo, algo ainda pode mudar no comportamento e nas medidas adotadas por Trump. "Um candidato com propostas estapafúrdias e polêmicas é uma coisa, um presidente empossado é outra. Existe a solidão do poder e os constrangimentos políticos. Uma vez no poder, você percebe que tem muito mais amarras do que o candidato pensava", diz Thales.

PASSANDO A LIMPO 

O programa Passando a Limpo vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 9h às 10h, na Rádio Jornal. Nesta quarta, a bancada foi composta pelo comunicador Geraldo Freire, pelo radialista Wagner Gomes e a diretora adjunta de conteúdos digitais do Sistema Jornal do Commercio Maria Luiza Borges. Ouça o programa completo:

[uolmais_audio 16053477]

[uolmais_audio 16053480]

[uolmais_audio 16053486]