Audioteca | CRISE NA PM

"Comandante da PM está equivocado", rebate Alberisson Carlos


Alberisson Carlos diz que violência "disparou" em Pernambuco durante Operação Padrão e faz novas críticas a comandante da PM e a "falta de diálogo"

Publicado em 03/01/2017, às 10:25


Rádio Jornal
Rafael Souza
Presidente da Associação de Cabos e Soldados critica comando da Polícia Militar. Foto: divulgação / internet


A quebra de braço entre o Governo do Estado e as associações de polícias de Pernambuco parece estar longe de terminar. O Presidente da Associação de Cabos e Soldados, Alberisson Carlos, criticou o comandante da Polícia Militar (PM), coronel Carlos D'Albuquerque, que declarou que a Operação Padrão não prejudicou a segurança do estado. "O comandante está equivocado, Pernambuco voltou a ter mais de 4 mil assassinatos, nós nao estamos felizes com isso e estamos indo às ruas demonstrar", disse Alberisson em entrevista a Geraldo Freire na manhã desta terça (03), na Rádio Jornal.

DEFESA DA OPERAÇÃO PADRÃO

Para o presidente da Associação de Cabos e Soldados, tudo foi feito dentro da normalidade pelos trabalhadores, "apesar das manobras do Governo do Estado", afirmou. Ele afirmou ainda que há descontentamento na tropa: "Estamos tristes porque o Governo do Estado não quer sentar com os verdadeiros representantes, que são as associações. É bem verdade que se quisessemos decretar uma greve, nós já teriamos feito isso", disparou.

Fonte: Rádio Jornal

Audioteca

"Comandante da PM está equivocado", rebate Alberisson Carlos



Publicado em 03/01/2017, às 10:25


Rádio Jornal
Rafael Souza
Presidente da Associação de Cabos e Soldados critica comando da Polícia Militar. Foto: divulgação / internet


A quebra de braço entre o Governo do Estado e as associações de polícias de Pernambuco parece estar longe de terminar. O Presidente da Associação de Cabos e Soldados, Alberisson Carlos, criticou o comandante da Polícia Militar (PM), coronel Carlos D'Albuquerque, que declarou que a Operação Padrão não prejudicou a segurança do estado. "O comandante está equivocado, Pernambuco voltou a ter mais de 4 mil assassinatos, nós nao estamos felizes com isso e estamos indo às ruas demonstrar", disse Alberisson em entrevista a Geraldo Freire na manhã desta terça (03), na Rádio Jornal.

[uolmais_audio 16106134]

DEFESA DA OPERAÇÃO PADRÃO

Para o presidente da Associação de Cabos e Soldados, tudo foi feito dentro da normalidade pelos trabalhadores, "apesar das manobras do Governo do Estado", afirmou. Ele afirmou ainda que há descontentamento na tropa: "Estamos tristes porque o Governo do Estado não quer sentar com os verdadeiros representantes, que são as associações. É bem verdade que se quisessemos decretar uma greve, nós já teriamos feito isso", disparou.

Fonte: Rádio Jornal