Audioteca | ENTREVISTA

"Metrô do Recife terá vagão só para mulheres", diz chefe de segurança


Coronel Meira, Chefe de Segurança do Metrô do Recife anuncia medida na Rádio Jornal

Publicado em 10/01/2017, às 09:04


Rádio Jornal
Ismaela Silva
Foto: Arquivo/Jc Imagem


Do total de 400 mil passageiros que utilizam o metrô diariamente, quase 38% são mulheres. Esse foi o dado usado pelo Chefe de Segurança do Metrô do Recife, Coronel Meira, para justificar e anunciar a mais nova medida de segurança do Metrorec. Segundo Meira, a medida vai ser tomada o mais rápido possível. "Vamos lançar de imediato um vagão feminino, para dar um conforto e mais segurança, como já existe no Rio de Janeiro e São Paulo, por determinação do nosso ministro das cidades Bruno Araújo".

Ouça aqui a entrevista completa:

O objetivo não é isolar, mas garantir segurança especialmente contra abusos sexuais. Segundo o coronel a utilização do espaço será livre "a mulher que quiser andar no vagão normal, ela anda, mas isso é um pedido das próprias mulheres. Na hora que a gente dá um conforto à mulher para ela não ser molestada dentro de um vagão, a gente está dando segurança a ela", avalia Meira. 

» Em apenas 24 horas, 13 ônibus são assaltados na Região Metropolitana
» Detentas do Recife fazem festa de aniversário com celulares e bebidas

SEGURANÇA 

Questionado se até o carnaval já estaria com o trabalho a pleno vapor, Meira informou que ainda não terá conseguido realizar tudo que pretende, mas diz que "vai estar bem adiantado". Segundo Meira "a Guarda Patrimonial vai demorar um pouco, mas teremos nem que seja o choque e o canil".

O coronel faz duras críticas ao atual quadro de vigilância e faz linha dura ao se referir a esses funcionários: "Comigo trabalha ou trabalha, se não quiser trabalhar sai, pede para ir embora. Vamos trabalhar para substituir os vigilantes, aqueles que nunca quiseram nada vão sair e novos vigilantes vão chegar em fevereiro até a gente resolver o problema na nossa Polícia Ferroviária Federal, mas até lá eu não posso ficar esperando", concluiu.

AMBULANTES

"Eles vão sair, estamos vendo alternativas com o Sebrae, vamos ver uma maneira, cadastrar, puxar, fazer um pente fino", disse.

LIMPEZA

O chefe de segurança afirma ainda que a limpeza do espaço também é uma missao dele. "Estamos com um pessoal vendo isso e vamos começar pelas maiores estações. O cidadão que usa o metrô vai ver que a gente está cuidado dele".

Audioteca

"Metrô do Recife terá vagão só para mulheres", diz chefe de segurança



Publicado em 10/01/2017, às 09:04


Rádio Jornal
Ismaela Silva
Foto: Arquivo/Jc Imagem


Do total de 400 mil passageiros que utilizam o metrô diariamente, quase 38% são mulheres. Esse foi o dado usado pelo Chefe de Segurança do Metrô do Recife, Coronel Meira, para justificar e anunciar a mais nova medida de segurança do Metrorec. Segundo Meira, a medida vai ser tomada o mais rápido possível. "Vamos lançar de imediato um vagão feminino, para dar um conforto e mais segurança, como já existe no Rio de Janeiro e São Paulo, por determinação do nosso ministro das cidades Bruno Araújo".

Ouça aqui a entrevista completa:

[uolmais_audio 16111057]

O objetivo não é isolar, mas garantir segurança especialmente contra abusos sexuais. Segundo o coronel a utilização do espaço será livre "a mulher que quiser andar no vagão normal, ela anda, mas isso é um pedido das próprias mulheres. Na hora que a gente dá um conforto à mulher para ela não ser molestada dentro de um vagão, a gente está dando segurança a ela", avalia Meira. 

» Em apenas 24 horas, 13 ônibus são assaltados na Região Metropolitana
» Detentas do Recife fazem festa de aniversário com celulares e bebidas

SEGURANÇA 

Questionado se até o carnaval já estaria com o trabalho a pleno vapor, Meira informou que ainda não terá conseguido realizar tudo que pretende, mas diz que "vai estar bem adiantado". Segundo Meira "a Guarda Patrimonial vai demorar um pouco, mas teremos nem que seja o choque e o canil".

O coronel faz duras críticas ao atual quadro de vigilância e faz linha dura ao se referir a esses funcionários: "Comigo trabalha ou trabalha, se não quiser trabalhar sai, pede para ir embora. Vamos trabalhar para substituir os vigilantes, aqueles que nunca quiseram nada vão sair e novos vigilantes vão chegar em fevereiro até a gente resolver o problema na nossa Polícia Ferroviária Federal, mas até lá eu não posso ficar esperando", concluiu.

AMBULANTES

"Eles vão sair, estamos vendo alternativas com o Sebrae, vamos ver uma maneira, cadastrar, puxar, fazer um pente fino", disse.

LIMPEZA

O chefe de segurança afirma ainda que a limpeza do espaço também é uma missao dele. "Estamos com um pessoal vendo isso e vamos começar pelas maiores estações. O cidadão que usa o metrô vai ver que a gente está cuidado dele".