Audioteca | PREOCUPAÇÃO

Prefeitos do Cabo, Igarassu e Garanhuns cobram mais segurança do Estado


Debate da Super Manhã repercutiu o resultado do Atlas da Violência, em que municípios pernambucanos aparecem e acendem o alerta ainda mais para a insegurança

Publicado em 12/06/2017, às 14:30


Rádio Jornal

Foto: Rádio Jornal

A segurança em Pernambuco foi tema do Debate da Super Manhã desta segunda-feira (12). O comunicador Geraldo Freire recebeu os prefeitos dos municípios que figuram entre os 30 mais violentos em Pernambuco, de acordo com Atlas da Violência: o Cabo de Santo Agostinho e Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, representados pelos prefeitos Lula Cabral e Mário Ricardo. O prefeito de Garanhuns, Isaías Régis, também participou do programa, já que a cidade foi considera a mais segura do Estado, pelos dados da mesma pesquisa. Ouvindo a críticas e apresentando as iniciativas da polícia para o combate a violência, o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral, também participou do debate.

Defendendo a Guarda Municipal Armada da cidade do Cabo de Santo Agostinho, o prefeito Lula Cabral destacou as inciativas dos profissionais e ainda destaca que sem esse recurso a situação na cidade estaria bem pior.

O prefeito de Igarassu, Mário Ricardo, denunciou que as duas únicas delegacias da cidade ficam fechadas durante o fim de semana.

Mesmo com status de município com mais segurança no Estado, Isaías Regis criticou a falta de investimento nos profissionais da polícia pernambucana.



Confira o debate completo: 

 

Resposta 

Investimento e reforço pessoal foi o que prometeu o chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral. Segundo ele, o governo vai contratar 140 delegados para atuar nos municípios pernambucanos.

De acordo com dados da editoria de polícia da Rádio Jornal só em 2017, já são 2.459 homicídios no Estado. Desse total, 1.362 foram registrados no interior do Estado e 1.097 no Grande Recife.


Audioteca

Prefeitos do Cabo, Igarassu e Garanhuns cobram mais segurança do Estado



Publicado em 12/06/2017, às 14:30


Rádio Jornal

[IMAGEM]

A segurança em Pernambuco foi tema do Debate da Super Manhã desta segunda-feira (12). O comunicador Geraldo Freire recebeu os prefeitos dos municípios que figuram entre os 30 mais violentos em Pernambuco, de acordo com Atlas da Violência: o Cabo de Santo Agostinho e Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, representados pelos prefeitos Lula Cabral e Mário Ricardo. O prefeito de Garanhuns, Isaías Régis, também participou do programa, já que a cidade foi considera a mais segura do Estado, pelos dados da mesma pesquisa. Ouvindo a críticas e apresentando as iniciativas da polícia para o combate a violência, o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral, também participou do debate.

Defendendo a Guarda Municipal Armada da cidade do Cabo de Santo Agostinho, o prefeito Lula Cabral destacou as inciativas dos profissionais e ainda destaca que sem esse recurso a situação na cidade estaria bem pior.

O prefeito de Igarassu, Mário Ricardo, denunciou que as duas únicas delegacias da cidade ficam fechadas durante o fim de semana.

Mesmo com status de município com mais segurança no Estado, Isaías Regis criticou a falta de investimento nos profissionais da polícia pernambucana.

Confira o debate completo: 

[uolmais_audio 16241762]

[uolmais_audio 16241767]

[uolmais_audio 16241768] 

Resposta 

Investimento e reforço pessoal foi o que prometeu o chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral. Segundo ele, o governo vai contratar 140 delegados para atuar nos municípios pernambucanos.

De acordo com dados da editoria de polícia da Rádio Jornal só em 2017, já são 2.459 homicídios no Estado. Desse total, 1.362 foram registrados no interior do Estado e 1.097 no Grande Recife.