Notícia | OPINIÃO

Cunha está se lixando para a sociedade. A Câmara vai virar as costas de novo?


Expectativa grande em Brasília para a votação do processo contra Eduardo Cunha no Conselho de Ética

Publicado em 14/06/2016, às 08:44

Rádio Jornal
Rafael Souza
O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, pode ser julgado hoje pelo Conselho de Ética da casa. Foto: Agência Brasil

De novembro de 2015 até o presente mês de junho de 2016 muita coisa aconteceu no Brasil e no mundo. Atentandos terroristas, mudanças - e pioras - nos indicadores econômicos e até o afastamento da Presidente da República com um processo de impeachment que já passa da metade. Contudo, esses sete meses não foram suficientes para o término do julgamento do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Essa verdadeira odisséia pode chegar ao fim nesta terça (14).

De acordo com o repórter Romoaldo de Souza, correspondente da Rádio Jornal em Brasília, se nada de "estranho" ocorrer, Cunha deve ser julgado hoje pelo Conselho de Ética. Instaurado em novembro do ano passado, esse é o mais longo processo político de toda a história da Câmara dos Deputados. Na coluna "Opinião" desta terça, Romoaldo questiona se a Câmara "vai virar as costas" de novo para a população. 

Para Romoaldo, mesmo derrotado no Conselho de Ética, Cunha ainda tem "cartas na manga", já que o caso ainda terá que seguir para o plenário da Câmara, com o voto de todos os deputados. "Eduardo Cunha está se lixando para o que pensa a sociedade. Ele tomaria o caminho da renúncia se percebesse que o nó está apertando". A coluna "Opinião", com o repórter Romoaldo de Souza, é transmitida de segunda a sexta, às 8h, no programa "Super Manhã", comandado por Geraldo Freire

Recomendados para você

Fonte: Rádio Jornal

Comentários

Notícia

Cunha está se lixando para a sociedade. A Câmara vai virar as costas de novo?



Publicado em 14/06/2016, às 08:44


Rádio Jornal
Rafael Souza
O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, pode ser julgado hoje pelo Conselho de Ética da casa. Foto: Agência Brasil

De novembro de 2015 até o presente mês de junho de 2016 muita coisa aconteceu no Brasil e no mundo. Atentandos terroristas, mudanças - e pioras - nos indicadores econômicos e até o afastamento da Presidente da República com um processo de impeachment que já passa da metade. Contudo, esses sete meses não foram suficientes para o término do julgamento do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Essa verdadeira odisséia pode chegar ao fim nesta terça (14).

[uolmais_audio 15895185]

De acordo com o repórter Romoaldo de Souza, correspondente da Rádio Jornal em Brasília, se nada de "estranho" ocorrer, Cunha deve ser julgado hoje pelo Conselho de Ética. Instaurado em novembro do ano passado, esse é o mais longo processo político de toda a história da Câmara dos Deputados. Na coluna "Opinião" desta terça, Romoaldo questiona se a Câmara "vai virar as costas" de novo para a população. 

Para Romoaldo, mesmo derrotado no Conselho de Ética, Cunha ainda tem "cartas na manga", já que o caso ainda terá que seguir para o plenário da Câmara, com o voto de todos os deputados. "Eduardo Cunha está se lixando para o que pensa a sociedade. Ele tomaria o caminho da renúncia se percebesse que o nó está apertando". A coluna "Opinião", com o repórter Romoaldo de Souza, é transmitida de segunda a sexta, às 8h, no programa "Super Manhã", comandado por Geraldo Freire

Fonte: Rádio Jornal