Notícia | RÁDIO DO POVO

Pacientes denunciam falta de estrutura em posto de saúde de San Martin


Uma moradora da localidade revelou que o Posto de Saúde Bongi não está oferecendo vacina pois a geladeira pifou

Publicado em 06/07/2016, às 17:34

Rádio Jornal
Foto: Edilson Santana/ Colaborador SJCC

O projeto Rádio do Povo está essa semana em San Martin, na Zona Oeste do Recife. Além das atividades oferecidas, a população denunciou a situação do posto de saúde da localidade. 

Gente madrugando na fila, longo tempo de espera para realização de exames, funcionários tratando pacientes com grosseria e falta de medicamentos fazem parte da lista de queixas dos usuários do Posto de Saúde Bongi/Boa Ideia, que atende moradores de San Martin, na Zona Oeste do Recife. 

A dona de casa Ana Lúcia Silva Flor, que faz uso de Rivotril 2 mg e Amitriptilina 25 mg, reclama que tem de chegar às 3h na unidade de saúde para obter uma ficha de atendimento. Ela se queixa também que é obrigada a recorrer à Policlínica Agamenon Magalhães, em Afogados, para se consultar com o psiquiatra. 

Ela tem um filho de 16 anos com um tumor na virilha e precisa de cuidados médicos. Mas, segundo ela, falta material e medicação para aplicação no tumor do adolescente. 

A dona de casa Cleonice Maria Romão também reclama do serviço prestado pelo posto de saúde. Ela contou à reportagem do Projeto Rádio do Povo que há quatro meses a unidade de saúde não agenda exames porque a internet não funciona. Cleonice denuncia ainda que o serviço de vacina não funciona mais porque a geladeira pifou; os banheiros estão quebrados e o teto apresenta diversas infiltrações.

A Rádio Jornal entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Recife e aguarda retorno.

Comentários

Notícia

Pacientes denunciam falta de estrutura em posto de saúde de San Martin



Publicado em 06/07/2016, às 17:34


Rádio Jornal
Foto: Edilson Santana/ Colaborador SJCC

O projeto Rádio do Povo está essa semana em San Martin, na Zona Oeste do Recife. Além das atividades oferecidas, a população denunciou a situação do posto de saúde da localidade. 

Gente madrugando na fila, longo tempo de espera para realização de exames, funcionários tratando pacientes com grosseria e falta de medicamentos fazem parte da lista de queixas dos usuários do Posto de Saúde Bongi/Boa Ideia, que atende moradores de San Martin, na Zona Oeste do Recife. 

A dona de casa Ana Lúcia Silva Flor, que faz uso de Rivotril 2 mg e Amitriptilina 25 mg, reclama que tem de chegar às 3h na unidade de saúde para obter uma ficha de atendimento. Ela se queixa também que é obrigada a recorrer à Policlínica Agamenon Magalhães, em Afogados, para se consultar com o psiquiatra. 

Ela tem um filho de 16 anos com um tumor na virilha e precisa de cuidados médicos. Mas, segundo ela, falta material e medicação para aplicação no tumor do adolescente. 

A dona de casa Cleonice Maria Romão também reclama do serviço prestado pelo posto de saúde. Ela contou à reportagem do Projeto Rádio do Povo que há quatro meses a unidade de saúde não agenda exames porque a internet não funciona. Cleonice denuncia ainda que o serviço de vacina não funciona mais porque a geladeira pifou; os banheiros estão quebrados e o teto apresenta diversas infiltrações.

A Rádio Jornal entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Recife e aguarda retorno.