Notícia | ENTREVISTA

Pesquisador comenta relação entre royalties do Petróleo e corrupção


Renato Lima estudou falta de transparência em municípios recebedores de royalties do Petróleo

Publicado em 21/11/2016, às 10:26

Rádio Jornal
Ismaela Silva


Ex-repórter do Jornal do Commercio e doutorando no MIT - Massachusetts Institute of Technology - o jornalista brasileiro Renato Lima apresenta estudo que avalia que municípios que recebem royalties  de petróleo tendem a ser menos transparentes, prestar menos contas e informar menos sobre os gastos e receitas para a secretaria do Tesouro Nacional. "Ficava difícil acompanhar a evolução das contas desses municipios", avalia o pesquisador, que também confirmou que o caso ocorre não somente no Brasil, mas também em outros países.  

O estudo realizado como conclusão de mestrado em Estudos da América Latina, na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (EUA), lança uma luz sobre os casos de corrupção no Rio de Janeiro. O jornalista comentou os dados da pesquisa e a relação com o caso do Rio no quadro Passando a Limpo desta segunda-feira (21), apresentado por Geraldo Freire e com a participação de Wagner Gomes, Giovanni Sandes e Washington Gurgel. 

Ouça aqui a entrevista completa:
 

Reflexo internacional

"Esse é um problema que a gente vê no Brasil, mas é um fator internacional também", explica o pesquisador que alega ainda ter sido esse o problema da Venezuela. "A Venezuela é um caso clássico desses em que a riqueza do pretoleo é jogada fora. O país acabaria sendo um país mais rico sem petróleo do que com petróleo, pois a riqueza gera maus incentivos políticos". 

PASSANDO A LIMPO

O programa Passando a Limpo vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 9h às 10h, na Rádio Jornal. Nesta segunda, a bancada foi composta pelo comunicador Geraldo Freire, pelo radialista Wagner Gomes, o jornalista Giovane Sandes e o apresentador da TV Jornal Washington Gurgel. Ouça o programa completo:

Recomendados para você

Comentários

Notícia

Pesquisador comenta relação entre royalties do Petróleo e corrupção



Publicado em 21/11/2016, às 10:26


Rádio Jornal
Ismaela Silva


Ex-repórter do Jornal do Commercio e doutorando no MIT - Massachusetts Institute of Technology - o jornalista brasileiro Renato Lima apresenta estudo que avalia que municípios que recebem royalties  de petróleo tendem a ser menos transparentes, prestar menos contas e informar menos sobre os gastos e receitas para a secretaria do Tesouro Nacional. "Ficava difícil acompanhar a evolução das contas desses municipios", avalia o pesquisador, que também confirmou que o caso ocorre não somente no Brasil, mas também em outros países.  

O estudo realizado como conclusão de mestrado em Estudos da América Latina, na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (EUA), lança uma luz sobre os casos de corrupção no Rio de Janeiro. O jornalista comentou os dados da pesquisa e a relação com o caso do Rio no quadro Passando a Limpo desta segunda-feira (21), apresentado por Geraldo Freire e com a participação de Wagner Gomes, Giovanni Sandes e Washington Gurgel. 

Ouça aqui a entrevista completa:
[uolmais_audio 16065161]  

Reflexo internacional

"Esse é um problema que a gente vê no Brasil, mas é um fator internacional também", explica o pesquisador que alega ainda ter sido esse o problema da Venezuela. "A Venezuela é um caso clássico desses em que a riqueza do pretoleo é jogada fora. O país acabaria sendo um país mais rico sem petróleo do que com petróleo, pois a riqueza gera maus incentivos políticos". 

PASSANDO A LIMPO

O programa Passando a Limpo vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 9h às 10h, na Rádio Jornal. Nesta segunda, a bancada foi composta pelo comunicador Geraldo Freire, pelo radialista Wagner Gomes, o jornalista Giovane Sandes e o apresentador da TV Jornal Washington Gurgel. Ouça o programa completo:

[uolmais_audio 16065194]

[uolmais_audio 16065190]

[uolmais_audio 16065191]