Notícia | TURISMO

Museu Cais do Sertão está fechado por conta de salários atrasados


A Empetur disse, por meio de nota, que está se esforçando para cumprir com os prazos de pagamento dos funcionários do Museu Cais do Sertão

Publicado em 22/11/2016, às 14:05

Rádio Jornal
Foto: Reprodução


O museu do Cais do Sertão, localizado no bairro do Recife Antigo, está fechado desde o início da manhã desta terça-feira (22). O motivo, segundo os funcionários, é a falta de repasse do Governo de Pernambuco, o que atrasa pagamento de salário dos funcionários. 

A Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) divulgou uma nota a respeito da situação e afirmou que tem se esforçado para cumprir com todos os pagamentos na data acordada. A nota ressalta ainda que a intenção é tentar regularizar toda a situação até o final desta semana, para a reabertura do equipamento no menor espaço de tempo possível. 

Problema recorrente

O museu já foi fechado pelo menos outras três vezes em um ano. Em dezembro de 2015, o equipamento teve a atividade interrompida após o fim do contrato com a empresa que gerenciava o espaço. 

Já em julho e setembro deste ano, o museu foi fechado também por falta de pagamento dos funcionários, suspensão da energia elétrica, pois não houve o pagamento da conta a concessionária, e por problemas no circuito elétrico. 

 

Recomendados para você

Comentários

Notícia

Museu Cais do Sertão está fechado por conta de salários atrasados



Publicado em 22/11/2016, às 14:05


Rádio Jornal
Foto: Reprodução


O museu do Cais do Sertão, localizado no bairro do Recife Antigo, está fechado desde o início da manhã desta terça-feira (22). O motivo, segundo os funcionários, é a falta de repasse do Governo de Pernambuco, o que atrasa pagamento de salário dos funcionários. 

A Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) divulgou uma nota a respeito da situação e afirmou que tem se esforçado para cumprir com todos os pagamentos na data acordada. A nota ressalta ainda que a intenção é tentar regularizar toda a situação até o final desta semana, para a reabertura do equipamento no menor espaço de tempo possível. 

Problema recorrente

O museu já foi fechado pelo menos outras três vezes em um ano. Em dezembro de 2015, o equipamento teve a atividade interrompida após o fim do contrato com a empresa que gerenciava o espaço. 

Já em julho e setembro deste ano, o museu foi fechado também por falta de pagamento dos funcionários, suspensão da energia elétrica, pois não houve o pagamento da conta a concessionária, e por problemas no circuito elétrico.