Notícia | FUNASE

Em Pernambuco, internos da Funase estão sem atividade educacional


Segundo o representante da OAB, no Conselho Nacional de Direitos e Humanos, Everaldo Patriota, desde a rebelião que os adolescentes estão sem banho de sol

Publicado em 25/11/2016, às 16:55

Rádio Jornal
Foto: Rádio Jornal


Representantes do Conselho Nacional de Direitos e Humanos e do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional de Defesa da Criança e do Adolescente vieram a Pernambuco para avaliar as condições das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo no Estado (Funase).

Para apresentar o resultado das visitas, uma coletiva de imprensa foi realizada na tarde desta sexta-feira (25), na sede do Gabinete da Assessoria Jurídica das Organizações Populares (GAJOP), localizado no bairro da Boa Vista, centro do Recife.

As instituições encaminharam denúncias aos conselhos sobre mortes, violação de direitos humanos e falta de estrutura. Nos últimos cinco anos, 40 jovens morreram dentro do sistema, sendo 11 deles em outubro deste ano nas Funases de Caruaru, no Agreste, e Timbaúba, na Zona da Mata Norte do Estado.

>> Interno ferido em rebelião na Funase de Timbaúba morre na Restauração

>> Funase abre sindicância para apurar rebelião em unidade de Timbaúba

>> Rebelião na Funase de Caruaru termina com sete internos mortos

 

De acordo com o representante da Ordem dos Advogados do Brasil, no Conselho Nacional de Direitos e Humanos, Everaldo Patriota, desde a rebelião que os adolescentes estão sem banho de sol, confinados em um dos alojamentos menores, pois, segundo ele, parte deles foram destruídos, além de estarem sem atividade educacional.

Ele ainda acusa os gestores da Fundação de Atendimento Socioeducativo de terem feito uma espécie de maquiagem nos locais. “A unidade foi limpa dia de quinta-feira, que não é usual. Foi pintada toda a ala, onde houve as sete mortes. Estava tudo arrumado”, afirma.

Um relatório conjunto deve ser feito pelos Conselhos sobre a situação da Funase e a expectativa é concluí-lo até o final de dezembro.

Ouça na reportagem de Ravi Soares:

Recomendados para você

Comentários

Notícia

Em Pernambuco, internos da Funase estão sem atividade educacional



Publicado em 25/11/2016, às 16:55


Rádio Jornal
Foto: Rádio Jornal


Representantes do Conselho Nacional de Direitos e Humanos e do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional de Defesa da Criança e do Adolescente vieram a Pernambuco para avaliar as condições das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo no Estado (Funase).

Para apresentar o resultado das visitas, uma coletiva de imprensa foi realizada na tarde desta sexta-feira (25), na sede do Gabinete da Assessoria Jurídica das Organizações Populares (GAJOP), localizado no bairro da Boa Vista, centro do Recife.

As instituições encaminharam denúncias aos conselhos sobre mortes, violação de direitos humanos e falta de estrutura. Nos últimos cinco anos, 40 jovens morreram dentro do sistema, sendo 11 deles em outubro deste ano nas Funases de Caruaru, no Agreste, e Timbaúba, na Zona da Mata Norte do Estado.

>> Interno ferido em rebelião na Funase de Timbaúba morre na Restauração

>> Funase abre sindicância para apurar rebelião em unidade de Timbaúba

>> Rebelião na Funase de Caruaru termina com sete internos mortos

 

De acordo com o representante da Ordem dos Advogados do Brasil, no Conselho Nacional de Direitos e Humanos, Everaldo Patriota, desde a rebelião que os adolescentes estão sem banho de sol, confinados em um dos alojamentos menores, pois, segundo ele, parte deles foram destruídos, além de estarem sem atividade educacional.

Ele ainda acusa os gestores da Fundação de Atendimento Socioeducativo de terem feito uma espécie de maquiagem nos locais. “A unidade foi limpa dia de quinta-feira, que não é usual. Foi pintada toda a ala, onde houve as sete mortes. Estava tudo arrumado”, afirma.

Um relatório conjunto deve ser feito pelos Conselhos sobre a situação da Funase e a expectativa é concluí-lo até o final de dezembro.

Ouça na reportagem de Ravi Soares:

[uolmais_audio 16069940]