Interior | TRISTEZA

Animais de rua são encontrados mortos em Parnamirim, no Sertão


Mais de 30 cachorros foram encontrados espalhados pelas ruas da cidade

Publicado em 07/02/2017, às 10:27

Rebeca Montenegro
Rádio Jornal
Foto: Reprodução/Internet


Cerca de 35 cachorros de rua foram encontrados mortos em Parnamirim, no Sertão de Estado, sob suspeita de envenenamento. De acordo com os moradores, os animais foram encontrados espalhados por várias ruas da cidade.

Segundo a presidente do Movimento de Defesa Animal de Pernambuco (MDA-PE), Gorete Queiroz, a obrigação de cuidar dos animais em situação de rua, seja durante a vida ou após a morte, é da administração do município. A Prefeitura de Parnamirim informou que os cachorros foram recolhidos e incinerados, e que está em busca de recursos para a construção de um centro de zoonoses que resgate, cuide e coloque os animais para adoção.

Crime


Matar qualquer tipo de animal é crime e está previsto no Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, com risco de detenção de 3 meses a um ano, além de multa. Saiba mais na reportagem de Roberto Gonçalves:

Recomendados para você

Comentários

Interior

Animais de rua são encontrados mortos em Parnamirim, no Sertão



Publicado em 07/02/2017, às 10:27


Rebeca Montenegro
Rádio Jornal
Foto: Reprodução/Internet


Cerca de 35 cachorros de rua foram encontrados mortos em Parnamirim, no Sertão de Estado, sob suspeita de envenenamento. De acordo com os moradores, os animais foram encontrados espalhados por várias ruas da cidade.

Segundo a presidente do Movimento de Defesa Animal de Pernambuco (MDA-PE), Gorete Queiroz, a obrigação de cuidar dos animais em situação de rua, seja durante a vida ou após a morte, é da administração do município. A Prefeitura de Parnamirim informou que os cachorros foram recolhidos e incinerados, e que está em busca de recursos para a construção de um centro de zoonoses que resgate, cuide e coloque os animais para adoção.

Crime


Matar qualquer tipo de animal é crime e está previsto no Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, com risco de detenção de 3 meses a um ano, além de multa. Saiba mais na reportagem de Roberto Gonçalves:

[uolmais_audio 16133436]