Notícia | CRISE NA SEGURANÇA

"Situação está muito desconfortável", diz governador sobre violência


Governador Paulo Câmara se reuniu com Michel Temer para falar de segurança pública. "Presidente está a par da situação", afirmou

Publicado em 09/02/2017, às 09:24

Rádio Jornal
Rafael Souza
Governador se reuniu com Michel Temer nesta quarta-feira (08), em Brasília. Foto: divulgação / internet

O governador Paulo Câmara (PSB) afirmou nesta quinta-feira (09) que o país passa por um momento difícil e que está no aguardo de providências por parte do Governo Federal. A declaração foi dada um dia após o governador se reunir com o presidente Michel Temer (PMDB) em Brasília para falar sobre o problema da violência. 

Paulo Câmara foi entrevistado durante a "Super Manhã", por Geraldo Freire, na Rádio Jornal. "Tentamos passar para o presidente informações relevantes. Ele disse que está atento e vai tomar providências", declarou. O governante lembrou ainda que o mês de janeiro foi "muito difícil" devido ao grande número de rebeliões que aconteceram no país. 

CRISE NO ESPÍRITO SANTO

O governador pernambucano também mostrou preocupação com a greve da Polícia Militar no Espírito Santo, que já dura mais de cinco dias. "O que acontece lá pode repercutir em todo o Brasil. Precisamos de ações integradas da polícia, o projeto nacional de segurança tem que ser aprofundado", declarou. 

Paulo Câmara ainda reforçou a política de combate ao tráfico de drogas, que precisa ser aprofundada nos estados que fazem fronteira com outros países: "O Brasil é um país muito grande e as regiões tem especificidades diferentes. Precisa ser mais discutido", afirmou. 

Fonte: Rádio Jornal

Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

"Situação está muito desconfortável", diz governador sobre violência



Publicado em 09/02/2017, às 09:24


Rádio Jornal
Rafael Souza
Governador se reuniu com Michel Temer nesta quarta-feira (08), em Brasília. Foto: divulgação / internet

O governador Paulo Câmara (PSB) afirmou nesta quinta-feira (09) que o país passa por um momento difícil e que está no aguardo de providências por parte do Governo Federal. A declaração foi dada um dia após o governador se reunir com o presidente Michel Temer (PMDB) em Brasília para falar sobre o problema da violência. 

[uolmais_audio 16135394]

Paulo Câmara foi entrevistado durante a "Super Manhã", por Geraldo Freire, na Rádio Jornal. "Tentamos passar para o presidente informações relevantes. Ele disse que está atento e vai tomar providências", declarou. O governante lembrou ainda que o mês de janeiro foi "muito difícil" devido ao grande número de rebeliões que aconteceram no país. 

CRISE NO ESPÍRITO SANTO

O governador pernambucano também mostrou preocupação com a greve da Polícia Militar no Espírito Santo, que já dura mais de cinco dias. "O que acontece lá pode repercutir em todo o Brasil. Precisamos de ações integradas da polícia, o projeto nacional de segurança tem que ser aprofundado", declarou. 

Paulo Câmara ainda reforçou a política de combate ao tráfico de drogas, que precisa ser aprofundada nos estados que fazem fronteira com outros países: "O Brasil é um país muito grande e as regiões tem especificidades diferentes. Precisa ser mais discutido", afirmou. 

Fonte: Rádio Jornal