Interior | AGRESTE

Falsos policiais fazem sequestro relâmpago em Garanhuns


Polícia conseguiu prender outros membros da quadrilha, mas criminosos disfarçados estão foragidos

Publicado em 10/02/2017, às 10:46

Rebeca Montenegro
Rádio Jornal
Criminosos roubaram R$ 7 mil em ação. Foto: EBC


Um homem foi vítima de um sequestro relâmpago nessa quinta-feira (9) após ser abordado por dois homens vestidos de policiais. O motorista José Aldo Martins de Melo estava em Águas Belas, no Agreste do Estado, quando foi parado e obrigado a dirigir até Garanhuns, onde foi coagido a entregar R$ 7 mil para os criminosos.

De acordo com a vítima, ele foi parado e acusado de ter envolvimentos com drogas. Sob ameaças, foi levado a Garanhuns e obrigado a ligar para conhecidos e conseguir a quantia de R$ 7 mil. Duas horas depois, o dinheiro foi entregue aos homens, que fugiram.

Parte de quadrilha presa


Enquanto isso, outros dois homens foram realmente parados pela polícia no município de Iati. Eles estavam em um carro roubado, foram levados para a delegacia de Garanhuns e, lá, a polícia descobriu que a dupla tinha envolvimento com os falsos policiais, tratando-se de uma quadrilha.

Os falsos policiais liberaram José Aldo após recolher a quantia e ainda estão foragidos. Saiba mais na reportagem de Eduardo Peixoto:

Recomendados para você

Comentários

Interior

Falsos policiais fazem sequestro relâmpago em Garanhuns



Publicado em 10/02/2017, às 10:46


Rebeca Montenegro
Rádio Jornal
Criminosos roubaram R$ 7 mil em ação. Foto: EBC


Um homem foi vítima de um sequestro relâmpago nessa quinta-feira (9) após ser abordado por dois homens vestidos de policiais. O motorista José Aldo Martins de Melo estava em Águas Belas, no Agreste do Estado, quando foi parado e obrigado a dirigir até Garanhuns, onde foi coagido a entregar R$ 7 mil para os criminosos.

De acordo com a vítima, ele foi parado e acusado de ter envolvimentos com drogas. Sob ameaças, foi levado a Garanhuns e obrigado a ligar para conhecidos e conseguir a quantia de R$ 7 mil. Duas horas depois, o dinheiro foi entregue aos homens, que fugiram.

Parte de quadrilha presa


Enquanto isso, outros dois homens foram realmente parados pela polícia no município de Iati. Eles estavam em um carro roubado, foram levados para a delegacia de Garanhuns e, lá, a polícia descobriu que a dupla tinha envolvimento com os falsos policiais, tratando-se de uma quadrilha.

Os falsos policiais liberaram José Aldo após recolher a quantia e ainda estão foragidos. Saiba mais na reportagem de Eduardo Peixoto:

[uolmais_audio 16136323]