Notícia | CARNAVAL

Presidente do Galo acredita em acordo para garantir segurança no bloco


PMs entoaram grito de "não vai ter Galo" durante votação de reajuste da categoria na Alepe

Publicado em 15/02/2017, às 09:42

Rádio Jornal
Ravi Soares


Em entrevista à Rádio Jornal nesta quarta-feira (15) o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Menezes, disse não estar preocupado com a ameaça dos policiais militares de que não terá segurança durante o desfile do Maior Bloco de Carnaval do Mundo.

“A gente sabe que isso é uma forma de pressão e nós estamos tranquilos que o Galo saíra com toda a segurança como vem saindo ao longo de quase 40 anos”, fala.

Rômulo Menezes afirma ter certeza que o Governo vai chegar a um acordo e que os PMs sabem da importância deles na segurança evento. “Acredito que vai ocorrer tudo na maior tranquilidade”, completa.

Questionado sobre qual seria a alternativa, caso os policiais militares continuem com a Operação-padrão, o presidente do Galo diz que espera contar com o bom senso de todos para fazer uma festa bonita, alegre e com segurança. Ouça a entrevista completa:

NÚMEROS

Em relação ao efetivo policial solicitado pela organização, Rômulo Menezes explica que não pede um determinado número e quem define a estrutura adequada para atender a demanda de foliões é a Secretaria de Defesa Social.

Recomendados para você

Comentários

Notícia

Presidente do Galo acredita em acordo para garantir segurança no bloco



Publicado em 15/02/2017, às 09:42


Rádio Jornal
Ravi Soares


Em entrevista à Rádio Jornal nesta quarta-feira (15) o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Menezes, disse não estar preocupado com a ameaça dos policiais militares de que não terá segurança durante o desfile do Maior Bloco de Carnaval do Mundo.

“A gente sabe que isso é uma forma de pressão e nós estamos tranquilos que o Galo saíra com toda a segurança como vem saindo ao longo de quase 40 anos”, fala.

Rômulo Menezes afirma ter certeza que o Governo vai chegar a um acordo e que os PMs sabem da importância deles na segurança evento. “Acredito que vai ocorrer tudo na maior tranquilidade”, completa.

Questionado sobre qual seria a alternativa, caso os policiais militares continuem com a Operação-padrão, o presidente do Galo diz que espera contar com o bom senso de todos para fazer uma festa bonita, alegre e com segurança. Ouça a entrevista completa:

[uolmais_audio 16140168]

NÚMEROS

Em relação ao efetivo policial solicitado pela organização, Rômulo Menezes explica que não pede um determinado número e quem define a estrutura adequada para atender a demanda de foliões é a Secretaria de Defesa Social.