Interior | CONDIÇÕES TRABALHISTAS

Sinpol faz mapeamento das delegacias do interior do Estado


Sindicato vai avaliar condições de trabalho dos policiais civis em Pernambuco

Publicado em 16/02/2017, às 09:12

Rádio Jornal
Rebeca Montenegro
Foto: Reprodução


A cidade de Caruaru, no Agreste do Estado, foi a primeira a receber uma comitiva de representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) para uma vistoria na Delegacia Regional. O Sinpol está fazendo um levantamento das condições de trabalho dos policiais no interior do Estado para elaborar um relatório.

O mapeamento vai durar 90 dias e deve passar por todas as cidades do interior de Pernambuco, observando aspectos como qualidade do armamento, disponibilidade de coletes à prova de balas, quantidade de munição e efetivo policial. Após a conclusão, o relatório vai ser encaminhado ao Governo do Estado.

Situação preocupante


Entre os problemas mais comuns apontados em Caruaru, estão o armamento ultrapassado utilizado pelos policiais civis e a deficiência da equipe nos plantões durante os fins de semana. De acordo com o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, Caruaru foi escolhida como a primeira cidade para a vistoria devido aos altos índices de criminalidade no município.

Saiba mais na reportagem de Núbia Silva:

Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Interior

Sinpol faz mapeamento das delegacias do interior do Estado



Publicado em 16/02/2017, às 09:12


Rádio Jornal
Rebeca Montenegro
Foto: Reprodução


A cidade de Caruaru, no Agreste do Estado, foi a primeira a receber uma comitiva de representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) para uma vistoria na Delegacia Regional. O Sinpol está fazendo um levantamento das condições de trabalho dos policiais no interior do Estado para elaborar um relatório.

O mapeamento vai durar 90 dias e deve passar por todas as cidades do interior de Pernambuco, observando aspectos como qualidade do armamento, disponibilidade de coletes à prova de balas, quantidade de munição e efetivo policial. Após a conclusão, o relatório vai ser encaminhado ao Governo do Estado.

Situação preocupante


Entre os problemas mais comuns apontados em Caruaru, estão o armamento ultrapassado utilizado pelos policiais civis e a deficiência da equipe nos plantões durante os fins de semana. De acordo com o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, Caruaru foi escolhida como a primeira cidade para a vistoria devido aos altos índices de criminalidade no município.

Saiba mais na reportagem de Núbia Silva:

[uolmais_audio 16141012]