Interior | AGRESTE

Em Limoeiro, mulheres fazem apitaço em protesto por valorização


O ato ocorre às 14h desta quarta-feira. Pela manhã, houve um adesivaço nos semáforos do centro de Limoeiro pedindo proteção doméstica

Publicado em 08/03/2017, às 11:38

Rádio Jornal

Foto: Agência Brasil

Em Limoeiro, no agreste do Estado, as comemorações alusivas ás mulheres começaram no início deste mês.  A pauta conta com várias palestras nas escolas e associações sobre direitos e proteção. Durante esta semana, os Postos de Saúde realizam ações nas comunidades urbanas e rurais, em parceira com o Laboratório Central de Pernambuco (Lacen).

Mas para marcar a dará deste 8 de março, as celebrações estão sendo intensificadas. Nesta manhã houve um adesivaço nos semáforos do centro da cidade pedindo proteção doméstica.



Segundo a coordenadora de políticas públicas para as mulheres de Limoeiro, Úrsula Nunes, nesta tarde, a partir das 14h, haverá um ato em valorização da mulher. “Nós queremos conclamar todas as escolas, sociedade, movimentos sociais e igrejas para que estejam juntos conosco fazendo um grande movimento de apitaço pela valorização da mulher”, ressalta

Confira os detalhes na reportagem de Alfredo Neto:

Ato

Em Carpina, nesta manhã, foi realizada uma passeata contra a reforma da previdência, principalmente às mudanças na aposentadoria das mulheres.

Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Interior

Em Limoeiro, mulheres fazem apitaço em protesto por valorização



Publicado em 08/03/2017, às 11:38


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Em Limoeiro, no agreste do Estado, as comemorações alusivas ás mulheres começaram no início deste mês.  A pauta conta com várias palestras nas escolas e associações sobre direitos e proteção. Durante esta semana, os Postos de Saúde realizam ações nas comunidades urbanas e rurais, em parceira com o Laboratório Central de Pernambuco (Lacen).

Mas para marcar a dará deste 8 de março, as celebrações estão sendo intensificadas. Nesta manhã houve um adesivaço nos semáforos do centro da cidade pedindo proteção doméstica.

Segundo a coordenadora de políticas públicas para as mulheres de Limoeiro, Úrsula Nunes, nesta tarde, a partir das 14h, haverá um ato em valorização da mulher. “Nós queremos conclamar todas as escolas, sociedade, movimentos sociais e igrejas para que estejam juntos conosco fazendo um grande movimento de apitaço pela valorização da mulher”, ressalta

Confira os detalhes na reportagem de Alfredo Neto:

[uolmais_audio 16158521]

Ato

Em Carpina, nesta manhã, foi realizada uma passeata contra a reforma da previdência, principalmente às mudanças na aposentadoria das mulheres.