Notícia | MOBILIZAÇÃO

Tempo indeterminado: Professores estaduais e municipais decretam greve


No Dia Nacional de Lutas, professores da rede estadual de municípios do Grande Recife realizaram assembleia geral unificada e decretaram o movimento

Publicado em 15/03/2017, às 14:53

Rádio Jornal

Fotos: Ivaldo Bezerra

Centenas de profissionais de diversas categorias participaram de uma caminhada, pelo centro do Recife, contra o projeto da Reforma da Previdência, no Dia Nacional de Lutas. Sindicatos e movimentos sociais reuniram os afiliados para o ato, que teve concentração na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista, e seguiu até a sede da Superintendência Regional da Previdência Social, no bairro de Santo Antônio.

Antes da caminhada, os professores da rede estadual e das redes municipais de ensino fizeram uma assembleia geral unificada na Praça Oswaldo Cruz. De forma unânime, os docentes decretaram greve por tempo indeterminado.

O diretor do sindicato dos profissionais em educação de Pernambuco, Jair Cavalcanti, explica como vai ser o movimento paredista. “Nós estamos deflagrando ela hoje juntamente com vários sindicatos municipais da Região Metropolitana (...) Amanhã nós temos a visita às escolas e na sexta-feira nós temos uma grande passeata no Recife e na segunda-feira nós temo suma assembleia para avaliar como está o movimento”, explicou, acrescentando que pais e alunos estão sendo informados sobre



Confira os detalhes na reportagem de Erick França:

Caminhada

Manifestantes ironizam reforma da previdência
Fotos: Ivaldo Bezerra

Com bandeiras, faixas e frases de efeito, os manifestantes externavam a insatisfação com o governo do presidente Michel Temer. Entre as categorias que participaram do protesto estavam professores, portuários, bancários, previdenciários, estatutários, metroviários e construção civil.

O diretor da Central Única de Trabalhadores (CUT), Alex Valença, explicou que a paralisação intitulada Dia Nacional de Lutas foi realizada em todo país.

Atos contra o projeto da reforma da previdência foram realizados em outros municípios do estado. Na próxima sexta-feira (17), haverá um novo protesto no Recife, na Praça do Derby. Intitulado Inauguração da Colônia de Férias de Temer, os manifestantes fazem uma sátira a proposta de emenda constitucional do governo federal.

Recomendados para você

Comentários

Notícia

Tempo indeterminado: Professores estaduais e municipais decretam greve



Publicado em 15/03/2017, às 14:53


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Centenas de profissionais de diversas categorias participaram de uma caminhada, pelo centro do Recife, contra o projeto da Reforma da Previdência, no Dia Nacional de Lutas. Sindicatos e movimentos sociais reuniram os afiliados para o ato, que teve concentração na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista, e seguiu até a sede da Superintendência Regional da Previdência Social, no bairro de Santo Antônio.

Antes da caminhada, os professores da rede estadual e das redes municipais de ensino fizeram uma assembleia geral unificada na Praça Oswaldo Cruz. De forma unânime, os docentes decretaram greve por tempo indeterminado.

O diretor do sindicato dos profissionais em educação de Pernambuco, Jair Cavalcanti, explica como vai ser o movimento paredista. “Nós estamos deflagrando ela hoje juntamente com vários sindicatos municipais da Região Metropolitana (...) Amanhã nós temos a visita às escolas e na sexta-feira nós temos uma grande passeata no Recife e na segunda-feira nós temo suma assembleia para avaliar como está o movimento”, explicou, acrescentando que pais e alunos estão sendo informados sobre

Confira os detalhes na reportagem de Erick França:

[uolmais_audio 16164450]

Caminhada

[IMAGEM2]

Com bandeiras, faixas e frases de efeito, os manifestantes externavam a insatisfação com o governo do presidente Michel Temer. Entre as categorias que participaram do protesto estavam professores, portuários, bancários, previdenciários, estatutários, metroviários e construção civil.

O diretor da Central Única de Trabalhadores (CUT), Alex Valença, explicou que a paralisação intitulada Dia Nacional de Lutas foi realizada em todo país.

Atos contra o projeto da reforma da previdência foram realizados em outros municípios do estado. Na próxima sexta-feira (17), haverá um novo protesto no Recife, na Praça do Derby. Intitulado Inauguração da Colônia de Férias de Temer, os manifestantes fazem uma sátira a proposta de emenda constitucional do governo federal.