Notícia | INVESTIGAÇÃO

Em coletiva, Polícia Civil se pronuncia sobre morte de fisioterapeuta


A principal linha de investigação da morte da fisioterapeuta recai sobre um vizinho, que teve sua identidade não revelada

Publicado em 05/04/2017, às 20:31

Rádio Jornal

Foto: Esther Barros/Rádio Jornal

Na noite desta quarta-feira (05), a Polícia Civil se pronunciou sobre a morte da fisioterapeuta Tássia Mirella Sena de Araújo, de 28 anos, por meio de coletiva de imprensa. O gestor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Ivaldo Pereira, comentou sobre o andamento das investigações. Ouça no flash de Esther Barros: 

Entenda o caso

A fisioterapeuta foi encontrada morta na sala do apartamento dela, no 12º andar, de um condomínio em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife nesta quarta-feira (5). O corpo da jovem será sepultado nesta quinta-feira (06), no cemitério de Santa Amaro, no Centro do Recife.



Tássia Mirella Sena de Araújo, de 28 anos, estava sem roupas, coberta de sangue e com o pescoço cortado. De acordo com vizinhos do mesmo andar, eram 7h desta quarta-feira, quando ouviram gritos de socorro vindos do apartamento da vítima.

O morador do apartamento 1208, vizinho da mulher, é visto como principal suspeito. Foi encontrado na porta dele mancha de sangue e a polícia precisou arrombar a porta para ouvir o homem que teve sua identidade não revelada. O que chamou atenção dos policiais foram as marcas de agressões no braço dele. O delegado Francisco Océlio fez a ouvida ainda no local.

Próximos passos

Na manhã desta quinta-feira (6) a polícia fará outra coletiva para divulgar detalhes da perícia e provas colhidas. 


Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Em coletiva, Polícia Civil se pronuncia sobre morte de fisioterapeuta



Publicado em 05/04/2017, às 20:31


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Na noite desta quarta-feira (05), a Polícia Civil se pronunciou sobre a morte da fisioterapeuta Tássia Mirella Sena de Araújo, de 28 anos, por meio de coletiva de imprensa. O gestor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Ivaldo Pereira, comentou sobre o andamento das investigações. Ouça no flash de Esther Barros: 

[uolmais_audio 16183813]

Entenda o caso

A fisioterapeuta foi encontrada morta na sala do apartamento dela, no 12º andar, de um condomínio em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife nesta quarta-feira (5). O corpo da jovem será sepultado nesta quinta-feira (06), no cemitério de Santa Amaro, no Centro do Recife.

Tássia Mirella Sena de Araújo, de 28 anos, estava sem roupas, coberta de sangue e com o pescoço cortado. De acordo com vizinhos do mesmo andar, eram 7h desta quarta-feira, quando ouviram gritos de socorro vindos do apartamento da vítima.

O morador do apartamento 1208, vizinho da mulher, é visto como principal suspeito. Foi encontrado na porta dele mancha de sangue e a polícia precisou arrombar a porta para ouvir o homem que teve sua identidade não revelada. O que chamou atenção dos policiais foram as marcas de agressões no braço dele. O delegado Francisco Océlio fez a ouvida ainda no local.

Próximos passos

Na manhã desta quinta-feira (6) a polícia fará outra coletiva para divulgar detalhes da perícia e provas colhidas.