Notícia | ENTREVISTA

Divulgação apenas de notícias positivas foi equívoco, diz secretário


Márcio Stefanni revogou ofício emitido pela Diretoria Integrada do Interior. O secretário de Planejamento diz que governo não quer omitir dados da PM

Publicado em 18/04/2017, às 12:26

Rádio Jornal

Foto: Arquivo/JC Imagem
Foto: Arquivo/JC Imagem

Em entrevista ao programa EntrePontes, da TVJC, transmitido nas redes sociais da TV Jornal e da Rádio Jornal, o secretário de Planejamento Márcio Stefanni afirmou que a ordem emitida pelo chefe da Diretoria Integrada do Interior (Dinter) para divulgar apenas informações positivas sobre a Polícia Militar foi revogada. Stefanni, que também coordena o Pacto pela Vida, chamou o ofício, emitido pelo diretor da Dinter, de equívoco.

O secretário falou também sobre o combate à violência e os planos do Governo do Estado para ampliar a quantidade de policiais nas ruas. Assim como o secretário de Defesa Social, que concedeu entrevista ontem à Rádio Jornal, Stefanni garantiu que o governo não tem intenção de esconder informações.



Verbas sem endereço

Apesar do volume de recursos, R$ 295 milhões previstos para investimento em estrutura e pessoal, ainda há pouca informação sobre as áreas em que o dinheiro será aplicado. Confira a entrevista na íntegra:


Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Divulgação apenas de notícias positivas foi equívoco, diz secretário



Publicado em 18/04/2017, às 12:26


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Em entrevista ao programa EntrePontes, da TVJC, transmitido nas redes sociais da TV Jornal e da Rádio Jornal, o secretário de Planejamento Márcio Stefanni afirmou que a ordem emitida pelo chefe da Diretoria Integrada do Interior (Dinter) para divulgar apenas informações positivas sobre a Polícia Militar foi revogada. Stefanni, que também coordena o Pacto pela Vida, chamou o ofício, emitido pelo diretor da Dinter, de equívoco.

O secretário falou também sobre o combate à violência e os planos do Governo do Estado para ampliar a quantidade de policiais nas ruas. Assim como o secretário de Defesa Social, que concedeu entrevista ontem à Rádio Jornal, Stefanni garantiu que o governo não tem intenção de esconder informações.

Verbas sem endereço

Apesar do volume de recursos, R$ 295 milhões previstos para investimento em estrutura e pessoal, ainda há pouca informação sobre as áreas em que o dinheiro será aplicado. Confira a entrevista na íntegra: