Notícia | ALERTA

Garota presta depoimento após ser ameaçada no Desafio da Baleia Azul


A mãe de uma adolescente de 13 anos levou a filha à GPCA do Paulista após descobrir que a garota estaria participando do Desafio da Baleia Azul

Publicado em 19/04/2017, às 16:35

Rádio Jornal

Adolescente fez cortes no braço
Foto: Erick França/ Rádio Jornal

O Desafio da Baleia Azul, um jogo perigoso que está deixando pais de crianças e adolescentes em alerta, pode ter sido a causa de cortes pelo corpo de uma adolescente. A garota de 13 anos está na Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) do Paulista, na Região Metropolitana do Recife, acompanhada da mãe.

De acordo com o delegado Jorge Ferreira, a jovem estaria sendo ameaçada por um grupo de pessoas e já tem, inclusive, lesões pelo corpo. "Aqui em Pernambuco é o primeiro caso oficialmente que chega à polícia. E a gente tem que ser célere", destacou o delegado.

Segundo o delegado, parte do material de investigação também será mandado para a Polícia Federal, já que o grupo atua em todo o Brasil.  

Os cortes fariam parte de etapas do Desafio da Baleia Azul. A mãe da adolescente, que não teve a identidade revelada, disse que ficou preocupada e ficou sabendo do envolvimento da filha após a irmã mais velha da garota ver a menina se mutilando. "Na rede social a gente verifica que tem as siglas e na perna dela ela fez as siglas F57 e nos braços ela fez os arranhões", relatou a mãe. "Quem manda ela fazer, mandou ela fazer 13 arranhões que é de acordo com a idade dela", completou.



Ouça os detalhes no flash de Erick França: 

 

A adolescente teria iniciado o Desafio da Baleia Azul na segunda-feira (17). Ela já havia cumprido uma tarefa e se mutilado por não ter cumprido outra. A mãe da garota soube, nesta quarta-feira (19), do envolvimento da garota. "Fiquei com medo de perder minha filha", contou a mãe. "É o que a gente mais vê nas reportagens que o último desafio é a morte", apontou. 

O Desafio da Baleia Azul

Um grupo de criminosos por trás do jogo da Baleia Azul desafia meninos e meninas por meio de redes sociais a realizar tarefas que vão desde assistir filmes de terror madrugada a dentro, automutilação e suicídio.

O jogo teria se iniciado na Rússia, no ano de 2015, e já levou adolescentes a se matar, o que leva a polícia a investigar casos aqui no Brasil.

Crime

Quem induzir ou auxiliar de alguma forma o suicídio pode ser condenado de dois a seis anos de reclusão. No caso de a indução ser praticada por uma menor de idade, o pai ou responsável está sujeito a pena.


Recomendados para você

Publicidade

Comentários

Notícia

Garota presta depoimento após ser ameaçada no Desafio da Baleia Azul



Publicado em 19/04/2017, às 16:35


Rádio Jornal

[IMAGEM]

O Desafio da Baleia Azul, um jogo perigoso que está deixando pais de crianças e adolescentes em alerta, pode ter sido a causa de cortes pelo corpo de uma adolescente. A garota de 13 anos está na Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) do Paulista, na Região Metropolitana do Recife, acompanhada da mãe.

De acordo com o delegado Jorge Ferreira, a jovem estaria sendo ameaçada por um grupo de pessoas e já tem, inclusive, lesões pelo corpo. "Aqui em Pernambuco é o primeiro caso oficialmente que chega à polícia. E a gente tem que ser célere", destacou o delegado.

Segundo o delegado, parte do material de investigação também será mandado para a Polícia Federal, já que o grupo atua em todo o Brasil.  

Os cortes fariam parte de etapas do Desafio da Baleia Azul. A mãe da adolescente, que não teve a identidade revelada, disse que ficou preocupada e ficou sabendo do envolvimento da filha após a irmã mais velha da garota ver a menina se mutilando. "Na rede social a gente verifica que tem as siglas e na perna dela ela fez as siglas F57 e nos braços ela fez os arranhões", relatou a mãe. "Quem manda ela fazer, mandou ela fazer 13 arranhões que é de acordo com a idade dela", completou.

Ouça os detalhes no flash de Erick França: 

[uolmais_audio 16195700] 

A adolescente teria iniciado o Desafio da Baleia Azul na segunda-feira (17). Ela já havia cumprido uma tarefa e se mutilado por não ter cumprido outra. A mãe da garota soube, nesta quarta-feira (19), do envolvimento da garota. "Fiquei com medo de perder minha filha", contou a mãe. "É o que a gente mais vê nas reportagens que o último desafio é a morte", apontou. 

O Desafio da Baleia Azul

Um grupo de criminosos por trás do jogo da Baleia Azul desafia meninos e meninas por meio de redes sociais a realizar tarefas que vão desde assistir filmes de terror madrugada a dentro, automutilação e suicídio.

O jogo teria se iniciado na Rússia, no ano de 2015, e já levou adolescentes a se matar, o que leva a polícia a investigar casos aqui no Brasil.

Crime

Quem induzir ou auxiliar de alguma forma o suicídio pode ser condenado de dois a seis anos de reclusão. No caso de a indução ser praticada por uma menor de idade, o pai ou responsável está sujeito a pena.