Notícia | REPERCUSSÃO

"Se necessário pediremos o impeachment do governador", diz deputado


Para o deputado estadual Edilson Silva a delação que cita o governador e o prefeito do Recife foi a gota d’água

Publicado em 19/05/2017, às 20:55

Rádio Jornal

Foto: Divulgação/Alepe

Em entrevista ao comunicador Marcelo Araújo, no Programa Movimento desta sexta-feira (19), o Integrante da bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado estadual Edilson Silva (PSOL) repercutiu a delação envolvendo o governador de Pernambuco Paulo Câmara e o prefeito do Recife Geraldo Julio. Para o parlamentar a delação que cita o governador e o prefeito do Recife foi a gota d’água. “Essas duas figuras são responsáveis por um conjunto de decisões políticas que não contemplam o cidadão”, afirmou.



Ouça a entrevista na íntegra

Leia também

“Vivo do meu salário”, diz Paulo Câmara após delação

Pedido de impeachment

O psolista ainda afirmou que a bancada de oposição na Alepe vai cobrar uma investigação severa pelos órgãos competentes e caso haja necessidade, irá pedir o Impeachment do governador Paulo Câmara


Recomendados para você

Comentários

Notícia

"Se necessário pediremos o impeachment do governador", diz deputado



Publicado em 19/05/2017, às 20:55


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Em entrevista ao comunicador Marcelo Araújo, no Programa Movimento desta sexta-feira (19), o Integrante da bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado estadual Edilson Silva (PSOL) repercutiu a delação envolvendo o governador de Pernambuco Paulo Câmara e o prefeito do Recife Geraldo Julio. Para o parlamentar a delação que cita o governador e o prefeito do Recife foi a gota d’água. “Essas duas figuras são responsáveis por um conjunto de decisões políticas que não contemplam o cidadão”, afirmou.

Ouça a entrevista na íntegra
[uolmais_audio 16222145]

Leia também

“Vivo do meu salário”, diz Paulo Câmara após delação

Pedido de impeachment

O psolista ainda afirmou que a bancada de oposição na Alepe vai cobrar uma investigação severa pelos órgãos competentes e caso haja necessidade, irá pedir o Impeachment do governador Paulo Câmara