Notícia | CALAMIDADE PÚBLICA

"Recursos devem ser liberados logo", garante ministro da Defesa


Ministro da Defesa diz que foi autorizado o envio de hospital de campanha para Pernambuco. Ele acredita que 600 milhões de reais serão destravados

Publicado em 29/05/2017, às 11:10

Rádio Jornal
Rafael Souza

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, fala das ações emergenciais após as chuvas.
Foto: divulgação / internet

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou na manhã desta segunda-feira (29) que acredita que os recursos prometidos como ajuda do Governo Federal para o estado de Pernambuco não devem demorar. "Ocorrerá a liberação dos recursos, sem sombra de dúvidas.Teremos nos próximos dias", garantiu em entrevista à Rádio Jornal.

Pernambuco e Alagoas foram fortemente afetados pelas fortes chuvas no fim de semana. Em Alagoas, quatro pessoas morreram. Em Pernambuco, são são duas mortes e duas pessoas ainda estão desaparecidas, além de 30 mil desabrigados. "Pernambuco tem situação mais complicada que Alagoas, devido às chuvas que podem seguir ainda até a próxima quinta (1º)", disse o ministro que tem a informação que as chuvas agora chegam à Paraíba.

Envio de ajuda

O ministro da Defesa elencou a ajuda já enviada para o Governo de Pernambuco: "Já deslocamos dois helicópteros grandes. Além disso, o governador Paulo Câmara pediu um hospital de campanha (unidade montável) que já foi autorizado
e deve ser instalado em um local que o governo especifique", garantiu.



Obras lentas e recursos financeiros

Apesar de elogiar a barragem de Serro Azul, em Palmares, que nas palavras dele "evitou o pior", o ministro diz que as obras para as outras quatro barragens estão "a passos de tartaruga": "A barragem de Serro Azul foi fundamental para que a situação dessa vez não fosse tão ruim", declarou.

Sobre o envio de recursos, ele acredita que o dinheiro chegará em breve: "O presidente Michel Temer disse que vai ver o que é possível fazer.
Hoje ele se reúne com o novo presidente do BNDES (Paulo Rabello de Castro) e deve tratar sobre isso", disse.

Segundo Jungmannm, a conta total para concluir todas as barragens é de mais de 388 milhões de reais: "O presidente se comprometeu com a liberação desses 600 milhões, e vamos destravá-los", prometeu.


Fonte: Rádio Jornal

Recomendados para você

Comentários

Notícia

"Recursos devem ser liberados logo", garante ministro da Defesa



Publicado em 29/05/2017, às 11:10


Rádio Jornal
Rafael Souza

[IMAGEM]

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou na manhã desta segunda-feira (29) que acredita que os recursos prometidos como ajuda do Governo Federal para o estado de Pernambuco não devem demorar. "Ocorrerá a liberação dos recursos, sem sombra de dúvidas.Teremos nos próximos dias", garantiu em entrevista à Rádio Jornal.

[uolmais_audio 16229578]

Pernambuco e Alagoas foram fortemente afetados pelas fortes chuvas no fim de semana. Em Alagoas, quatro pessoas morreram. Em Pernambuco, são são duas mortes e duas pessoas ainda estão desaparecidas, além de 30 mil desabrigados. "Pernambuco tem situação mais complicada que Alagoas, devido às chuvas que podem seguir ainda até a próxima quinta (1º)", disse o ministro que tem a informação que as chuvas agora chegam à Paraíba.

Envio de ajuda

O ministro da Defesa elencou a ajuda já enviada para o Governo de Pernambuco: "Já deslocamos dois helicópteros grandes. Além disso, o governador Paulo Câmara pediu um hospital de campanha (unidade montável) que já foi autorizado
e deve ser instalado em um local que o governo especifique", garantiu.

Obras lentas e recursos financeiros

Apesar de elogiar a barragem de Serro Azul, em Palmares, que nas palavras dele "evitou o pior", o ministro diz que as obras para as outras quatro barragens estão "a passos de tartaruga": "A barragem de Serro Azul foi fundamental para que a situação dessa vez não fosse tão ruim", declarou.

Sobre o envio de recursos, ele acredita que o dinheiro chegará em breve: "O presidente Michel Temer disse que vai ver o que é possível fazer.
Hoje ele se reúne com o novo presidente do BNDES (Paulo Rabello de Castro) e deve tratar sobre isso", disse.

Segundo Jungmannm, a conta total para concluir todas as barragens é de mais de 388 milhões de reais: "O presidente se comprometeu com a liberação desses 600 milhões, e vamos destravá-los", prometeu.

Fonte: Rádio Jornal