Notícia | SÃO JOÃO 2017

"Não existe toque de recolher em Caruaru", diz secretário da SDS


Secretário da SDS afirma que polícia continua 24h. "O horário definido diz respeito ao planejamento", disse Angelo Fernandes Gioia

Publicado em 02/06/2017, às 09:34

Rádio Jornal
Rafael Souza

O Secretário de Defesa Social (SDS), Angelo Fernandes Gioia.
Foto: JC Imagem

O secretário de Defesa Social (SDS) Angelo Fernandes Gioia negou que exista toque de recolher nos festejos juninos do
Estado neste ano por causa da violência. "Não existe toque de recolher em Caruaru", afirmou o secretário em entrevista na Rádio Jornal na manhã desta sexta-feira (2).

O secretário rebateu informações já veiculadas na imprensa desde o mês passado e reforçadas em matéria do jornal "Folha de São Paulo" na edição desta sexta. Uma portaria da Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado determina que de 2 a 22 de junho e de 25 de junho a 2 de julho, o policiamento só será feito até as 0h nos locais de festa. Já nos dias oficiais de São João, 23 e 24 de junho, o policiamento vai até as 2h.

Leia também:
» Policiamento terá hora para acabar nas festas de São João em Pernambuco

"Não tem relação com toque de recolher o horário da PM. O horário diz respeito apenas ao planejamento, à atuação excepcional para as forças de segurança e está combinando com a organização da festa", declarou Angelo Fernandes Gioia.



Críticas e promessas

Para ele, a matéria do jornal paulista é "sensacionalista" e tenta criar "mal estar com a festividade". "A polícia trabalha e transita em qualquer ambiente. Assim como o Carnaval, teremos um grande São João", prometeu.

Sobre o crescimento da violência no Estado e a crise histórica do programa Pacto Pela Vida, o secretário chefe da SDS disse que já há redução no número dos homicídios em maio. Em 2017, de janeiro a abril, já foram registrados 2.037 assassinatos em Pernambuco, 600 mortes a mais do que no mesmo período de 2016.


Fonte: Rádio Jornal

Recomendados para você

Comentários

Notícia

"Não existe toque de recolher em Caruaru", diz secretário da SDS



Publicado em 02/06/2017, às 09:34


Rádio Jornal
Rafael Souza

[IMAGEM]

O secretário de Defesa Social (SDS) Angelo Fernandes Gioia negou que exista toque de recolher nos festejos juninos do
Estado neste ano por causa da violência. "Não existe toque de recolher em Caruaru", afirmou o secretário em entrevista na Rádio Jornal na manhã desta sexta-feira (2).

[uolmais_audio 16233510]

O secretário rebateu informações já veiculadas na imprensa desde o mês passado e reforçadas em matéria do jornal "Folha de São Paulo" na edição desta sexta. Uma portaria da Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado determina que de 2 a 22 de junho e de 25 de junho a 2 de julho, o policiamento só será feito até as 0h nos locais de festa. Já nos dias oficiais de São João, 23 e 24 de junho, o policiamento vai até as 2h.

Leia também:
» Policiamento terá hora para acabar nas festas de São João em Pernambuco

"Não tem relação com toque de recolher o horário da PM. O horário diz respeito apenas ao planejamento, à atuação excepcional para as forças de segurança e está combinando com a organização da festa", declarou Angelo Fernandes Gioia.

Críticas e promessas

Para ele, a matéria do jornal paulista é "sensacionalista" e tenta criar "mal estar com a festividade". "A polícia trabalha e transita em qualquer ambiente. Assim como o Carnaval, teremos um grande São João", prometeu.

Sobre o crescimento da violência no Estado e a crise histórica do programa Pacto Pela Vida, o secretário chefe da SDS disse que já há redução no número dos homicídios em maio. Em 2017, de janeiro a abril, já foram registrados 2.037 assassinatos em Pernambuco, 600 mortes a mais do que no mesmo período de 2016.

Fonte: Rádio Jornal