Interior | Justiça

Ordem judicial obriga secretários de Caruaru a devolver salário


Descumprimento de ordem expedida no final do ano passado faz com que o aumento aos secretários de Caruaru seja cancelado, e o gasto será devolvido

Publicado em 08/06/2017, às 11:43

Rádio Jornal

Foto: Divulgação/ASCOM Câmara
Foto: Divulgação/ASCOM Câmara

O juiz José Adelmo da Costa, titular da segunda vara da Fazenda de Caruaru, condenou a prefeitura da Capital do Agreste por descumprimento de um ordem judicial que cancelava o aumento do salário dos secretários em 30%, saindo de R$ 9 mil para R$ 12 mil. 



Confira a reportagem de Giovani Gomes:

 

Devolução

A decisão do aumento salarial aconteceu no final do ano passado, e a suspensão foi expedida em abril deste ano. Mesmo assim, a prefeita Raquel Lyra descumpriu a ordem e pagou os meses de abril e maio com o aumento em vigor. Com isso, o juiz também exige que o valor recebido pelos secretários seja devolvido, com descontos nos salários de junho e julho. 


Recomendados para você

Comentários

Interior

Ordem judicial obriga secretários de Caruaru a devolver salário



Publicado em 08/06/2017, às 11:43


Rádio Jornal

[IMAGEM]

O juiz José Adelmo da Costa, titular da segunda vara da Fazenda de Caruaru, condenou a prefeitura da Capital do Agreste por descumprimento de um ordem judicial que cancelava o aumento do salário dos secretários em 30%, saindo de R$ 9 mil para R$ 12 mil. 

Confira a reportagem de Giovani Gomes:

[uolmais_audio 16238575] 

Devolução

A decisão do aumento salarial aconteceu no final do ano passado, e a suspensão foi expedida em abril deste ano. Mesmo assim, a prefeita Raquel Lyra descumpriu a ordem e pagou os meses de abril e maio com o aumento em vigor. Com isso, o juiz também exige que o valor recebido pelos secretários seja devolvido, com descontos nos salários de junho e julho.