Notícia | CABOS E SOLDADOS

Foi abuso de poder, diz Joel da Harpa sobre expulsão de PMs


O deputado estadual Joel da Harpa considera extrema a atitude de expulsar da Polícia Militar integrantes de associação

Publicado em 19/06/2017, às 10:11

Rádio Jornal
Ravi Soares

Reprodução/Rádio Jornal

Em entrevista à Rádio Jornal na manhã desta segunda-feira (19), o deputado estadual Joel da Harpa (PTN) condenou a expulsão da Polícia Militar de integrantes da Associação de Cabos e Soldados. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado do último sábado (17).

Para o parlamentar, a atitude da Secretaria de Defesa Social foi extrema. “Foi uma atitude extremista da SDS de excluir PMs que estão em movimentos reivindicatórios”, afirma. Joel da Harpa acredita ainda que houve abuso de poder.



Ele acredita que assim como qualquer funcionário público, os policiais tem direito de reivindicarem melhorias. “As associações surgiram desde 1990 após a Constituição de 1988 e fazem o trabalho de representação, já que os militares não podem ser sindicalizados”, completa. Ouça a entrevista:

Expulsão

O Governo do Estado, através da Secretaria de Defesa Social, decidiu expulsar da Policia Militar os cabos Alberisson Carlos e Nadelson Leite, presidente e vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS). Eles são os líderes do movimento grevista dentro da PM e estão à frente da Operação Padrão dos policiais militares desde o fim do ano passado.


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Foi abuso de poder, diz Joel da Harpa sobre expulsão de PMs



Publicado em 19/06/2017, às 10:11


Rádio Jornal
Ravi Soares

[IMAGEM]

Em entrevista à Rádio Jornal na manhã desta segunda-feira (19), o deputado estadual Joel da Harpa (PTN) condenou a expulsão da Polícia Militar de integrantes da Associação de Cabos e Soldados. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado do último sábado (17).

Para o parlamentar, a atitude da Secretaria de Defesa Social foi extrema. “Foi uma atitude extremista da SDS de excluir PMs que estão em movimentos reivindicatórios”, afirma. Joel da Harpa acredita ainda que houve abuso de poder.

Ele acredita que assim como qualquer funcionário público, os policiais tem direito de reivindicarem melhorias. “As associações surgiram desde 1990 após a Constituição de 1988 e fazem o trabalho de representação, já que os militares não podem ser sindicalizados”, completa. Ouça a entrevista:

[uolmais_audio 16247314]

Expulsão

O Governo do Estado, através da Secretaria de Defesa Social, decidiu expulsar da Policia Militar os cabos Alberisson Carlos e Nadelson Leite, presidente e vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS). Eles são os líderes do movimento grevista dentro da PM e estão à frente da Operação Padrão dos policiais militares desde o fim do ano passado.