Interior | AGRESTE

Polícia Civil procura suspeito de furtar Paróquia de Garanhuns


Homem entrou na Paróquia de Santo Antônio e furtou R$ 2.300 da secretaria. Câmeras do circuito interno vão ajudar na identificação do homem

Publicado em 19/06/2017, às 09:09

Rádio Jornal

Foto: Reprodução/ Google Street View

Um homem ainda não identificado é procurado pela Polícia Civil após furtar R$ 2.300 da Paróquia de Santo Antônio, na área central de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

A informação é de que ele chegou na casa paroquial, na residência do padre Junior, pároco do local, no momento em que o religioso estava atendendo fiéis. O suspeito disse que era da Fazenda Esperança e aproveitou a entrada do secretário para facilitar também sua entrada.



Segundo informações, o padre não viu a entrada do homem, que chegou até o escritório e após pegar a quantia o homem saiu tranquilamente pela porta da frente sem levantar suspeita.

Confira os detalhes na reportagem de Eduardo Peixoto: 

Antes de praticar o crime na casa paroquial, o suspeito já tinha ido à Cúria diocesana para furtar algo, mas chegou dizendo que queria falar algo com o bispo e foi direcionado até a secretaria.

Câmeras do circuito interno de segurança filmara o homem que estava com caso azul e boné e aparenta ter 30 anos.


Recomendados para você

Comentários

Interior

Polícia Civil procura suspeito de furtar Paróquia de Garanhuns



Publicado em 19/06/2017, às 09:09


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Um homem ainda não identificado é procurado pela Polícia Civil após furtar R$ 2.300 da Paróquia de Santo Antônio, na área central de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

A informação é de que ele chegou na casa paroquial, na residência do padre Junior, pároco do local, no momento em que o religioso estava atendendo fiéis. O suspeito disse que era da Fazenda Esperança e aproveitou a entrada do secretário para facilitar também sua entrada.

Segundo informações, o padre não viu a entrada do homem, que chegou até o escritório e após pegar a quantia o homem saiu tranquilamente pela porta da frente sem levantar suspeita.

Confira os detalhes na reportagem de Eduardo Peixoto: 

[uolmais_audio 16247267]

Antes de praticar o crime na casa paroquial, o suspeito já tinha ido à Cúria diocesana para furtar algo, mas chegou dizendo que queria falar algo com o bispo e foi direcionado até a secretaria.

Câmeras do circuito interno de segurança filmara o homem que estava com caso azul e boné e aparenta ter 30 anos.