Notícia | POLÍTICA

"Não estou pensando em mudar de partido", diz Fernando Filho


No momento em que aumentam as especulações de que trocaria o PSB pelo DEM, Fernando Filho desconversa, mas ressalta discordância com comando do partido

Publicado em 20/06/2017, às 10:18

Rádio Jornal
Rafael Souza

O ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB)
Foto: reprodução / internet

Com os rumores de que está prestes a trocar o PSB pelo DEM junto com o pai, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), o ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB) negou que esteja de malas prontas: "não estou pensando em fazer nenhuma mudança partidária". A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (20) durante o "Passando a Limpo", da Rádio Jornal.

As especulações de troca de partido ganharam força após a visita do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), acompanhado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), nesta segunda-feira (19) a Petrolina, clã dos Coelho. Fernando Filho, contudo, diz que a visita foi uma cortesia e antecipou o São João. "Tenho uma relação de amizade com Rodrigo Maia e isso se estreitou com a chegada dele à Presidência da Câmara.Mas recebemos outras autoridades, como o governador", disse Fernando Filho.

» Senador Fernando Bezerra Coelho nega saída do PSB
» "Não é a primeira vez", diz presidente do PSB sobre possível debandada
» Geração de energia prejudica saúde do Rio São Francisco, diz ministro



Relação com o PSB

Apesar de dizer que não pensa em mudar de partido, Fernando Filho criticou o comando do PSB e disse que o próprio partido promoveu uma mudança ao fechar questão contra as reformas defendidas pelo governo de Michel Temer (PMDB), do qual ele faz parte. "Temos uma bancada bastante dividida e discordamos do partido fechar questão contra a reforma. Vai punir metade da bancada?", indagou.

O ministro das Minas e Energia diz que metade da bancada socialista na Câmara vai manter o apoio a Temer. Ele lembrou ainda que está há 12 anos no PSB e tem 10 anos de mandatos pelo partido.


Fonte: Rádio Jornal

Recomendados para você

Comentários

Notícia

"Não estou pensando em mudar de partido", diz Fernando Filho



Publicado em 20/06/2017, às 10:18


Rádio Jornal
Rafael Souza

[IMAGEM]

Com os rumores de que está prestes a trocar o PSB pelo DEM junto com o pai, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), o ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB) negou que esteja de malas prontas: "não estou pensando em fazer nenhuma mudança partidária". A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (20) durante o "Passando a Limpo", da Rádio Jornal.

[uolmais_audio 16248277]

As especulações de troca de partido ganharam força após a visita do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), acompanhado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), nesta segunda-feira (19) a Petrolina, clã dos Coelho. Fernando Filho, contudo, diz que a visita foi uma cortesia e antecipou o São João. "Tenho uma relação de amizade com Rodrigo Maia e isso se estreitou com a chegada dele à Presidência da Câmara.Mas recebemos outras autoridades, como o governador", disse Fernando Filho.

» Senador Fernando Bezerra Coelho nega saída do PSB
» "Não é a primeira vez", diz presidente do PSB sobre possível debandada
» Geração de energia prejudica saúde do Rio São Francisco, diz ministro

Relação com o PSB

Apesar de dizer que não pensa em mudar de partido, Fernando Filho criticou o comando do PSB e disse que o próprio partido promoveu uma mudança ao fechar questão contra as reformas defendidas pelo governo de Michel Temer (PMDB), do qual ele faz parte. "Temos uma bancada bastante dividida e discordamos do partido fechar questão contra a reforma. Vai punir metade da bancada?", indagou.

O ministro das Minas e Energia diz que metade da bancada socialista na Câmara vai manter o apoio a Temer. Ele lembrou ainda que está há 12 anos no PSB e tem 10 anos de mandatos pelo partido.

Fonte: Rádio Jornal