Escrete de Ouro | De saída

Com proposta irrecusável da Chapecoense, Roberto deve deixar o Santa


Lateral esquerdo deixa o Santa Cruz na condição de titular para trabalhar novamente com Vinícius Eutrópio em Chapecó; salário de Roberto será triplicado

Publicado em 12/07/2017, às 12:00

Rádio Jornal
Antônio Gabriel

André Nery/Arquivo JC Imagem
André Nery/Arquivo JC Imagem

Depois de não atuar na última terça-feira (11) com a camisa do Santa Cruz no empate por 2x2 diante do Luverdense, o lateral esquerdo Roberto não deve seguir no clube tricolor. O atleta recebeu uma proposta irrecusável da Chapecoense, clube que disputa a Série A e agora é comandado por Vinícius Eutrópio, que esteve a frente dos corais no começo desta temporada. 

Saiba mais do Santa Cruz com o repórter José Silvério:

Segundo a reportagem do Escrete de Ouro da Rádio Jornal, com o setorista do clube tricolor José Silvério, o lateral recebe cerca de R$ 20 mil por mês no Santa, e a Chape colocou na mesa um valor mensal de cerca de R$ 60 mil, o triplo dos vencimentos atuais pelo clube pernambucano. 

A ida de Roberto para o Índio Condá é tida como certa, faltando apenas o acerto com o Atlético-PR, clube que detém os direitos federativos do jogador. Em entrevista ao portal UOL, o diretor de futebol do Santa Cruz, Jomar Rocha, confirmou o pedido do jogador para não atuar diante do Luverdense. 



"Nós conversamos e, em comum acordo, se deu que era melhor ele não jogar. Claro que não recebemos nada de forma oficial do Atlético-PR, clube com o qual ele tem vínculo, mas ele já externou isso para a diretoria. Agora, vamos aguardar os próximos passos"

Números no Arruda

Roberto deixa o Santa Cruz sendo considerado o titular na lateral esquerda. Aos 26 anos, está no Arruda desde o ano passado, e disputou ao todo 37 partidas, marcando três gols. 


Recomendados para você

Comentários

Escrete de Ouro

Com proposta irrecusável da Chapecoense, Roberto deve deixar o Santa



Publicado em 12/07/2017, às 12:00


Rádio Jornal
Antônio Gabriel

[IMAGEM]

Depois de não atuar na última terça-feira (11) com a camisa do Santa Cruz no empate por 2x2 diante do Luverdense, o lateral esquerdo Roberto não deve seguir no clube tricolor. O atleta recebeu uma proposta irrecusável da Chapecoense, clube que disputa a Série A e agora é comandado por Vinícius Eutrópio, que esteve a frente dos corais no começo desta temporada. 

Saiba mais do Santa Cruz com o repórter José Silvério:

Segundo a reportagem do Escrete de Ouro da Rádio Jornal, com o setorista do clube tricolor José Silvério, o lateral recebe cerca de R$ 20 mil por mês no Santa, e a Chape colocou na mesa um valor mensal de cerca de R$ 60 mil, o triplo dos vencimentos atuais pelo clube pernambucano. 

A ida de Roberto para o Índio Condá é tida como certa, faltando apenas o acerto com o Atlético-PR, clube que detém os direitos federativos do jogador. Em entrevista ao portal UOL, o diretor de futebol do Santa Cruz, Jomar Rocha, confirmou o pedido do jogador para não atuar diante do Luverdense. 

"Nós conversamos e, em comum acordo, se deu que era melhor ele não jogar. Claro que não recebemos nada de forma oficial do Atlético-PR, clube com o qual ele tem vínculo, mas ele já externou isso para a diretoria. Agora, vamos aguardar os próximos passos"

Números no Arruda

Roberto deixa o Santa Cruz sendo considerado o titular na lateral esquerda. Aos 26 anos, está no Arruda desde o ano passado, e disputou ao todo 37 partidas, marcando três gols.