Escrete de Ouro | Futebol

No duelo dos opostos, Náutico e Juventude empatam na Arena Pernambuco


Líder e lanterna se enfrentaram pela 13ª rodada do Brasileirão e ficaram no empate em 1 a 1. O Náutico agora soma 6 pontos no certame e segue na luta para fugir da degola

Publicado em 12/07/2017, às 00:11

Rádio Jornal
Fellipe Leandro

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Em jogo truncado e de forte marcação, Náutico e Juventude empataram na noite desta terça-feira, na Arena Pernambuco, pela 13ª rodada do campeonato brasileiro da série B. O time alvirrubro saiu na frente do placar, marcou bem, em boa parte do jogo não deu espaço para o juventude jogar, mas em um bate rebate o time gaúcho chegou ao empate.

Ouça os gols na voz de Roberto Queiróz.

O jogo

O primeiro tempo da partida teve poucas oportunidades para ambas as equipes. Os goleiros foram pouco exigidos devido à marcação que os dois times aplicaram. A primeira boa oportunidade do Náutico surgiu aos 7 minutos em um chute de Suelinton. Após o rebote do goleiro, o lateral alvirrubro finalizou, mas Matheus segurou a bola. O jogo permaneceu trucando até que aos 38 minutos, Ávila carregou a bola pela lateral e cruzou na medida para Gilmar, o atacante muito bem posicionado, se antecipou a defesa do time gaúcho e bateu de chapa para abrir o placar, surpreendendo o goleiro do Juventude.  No final da primeira etapa, Tiago Cardoso quase complicou a vida do náutico. O arqueiro do timbu saiu do gol para cortar a bola, mas se complicou. Juninho pegou a bola, driblou o goleiro, mas na hora do chute ficou sem espaço para finalizar.

Visando dar mais velocidade a equipe alviverde, Gilmar apostou em Caprini no lugar de Juninho no segundo tempo. O treinador avançou os dois laterais com o intuito de deixar os atacantes com mais liberdade. O time do Náutico estava bem postado e marcando bem. O que dificultava as ações do Juventude que não conseguia entrar na defesa alvirrubra. Aos 13 minutos, em um momento de erro de posicionamento da defesa timbu, o Juventude chegou ao empate. Após cruzamento, em um bate rebate, a bola sobrou para Wallacer que chutou, a bola desviou em Léo Carioca e parou no fundo das redes de Tiago Cardoso. Pouco a pouco o Juventude foi encontrando brechas para atacar. Aos 31 minutos Leílson bateu uma falta perigosa e Tiago Cardoso fez uma bela defesa.  A última boa oportunidade jogo foi do Náutico. Giovanni tocou para Iago que chutou, a bola desviou, mas chegou sem dificuldades para Matheus fazer a defesa. Mesmo com o empate a torcida alvirrubra cantou que acredita na reação do time.



O Náutico segue na lanterna do campeonato, agora com 6 pontos conquistados. O Timbu tem pela frente o Santa Cruz. O clássico será na Arena Pernambuco , no próximo sábado às 16:30.

 Ficha do jogo

Náutico: Tiago Cardoso;  Suelinton, Breno, Feliphe Gabriel e Léo Carioca; Amaral, Darlan Bispo (Jobson), Giovanni e Ávila(Iago); Erick e Gilmar(Gerônimo). Técnico: Beto Campos

Juventude: Matheus Cavichioli; Tinga, Michael, Ruan e Bruno Collaço; Fael, Diego Felipe(Lucas), Juninho Silva (Caprini) e Wallacer; Ramon (Leison) e Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Placar: Naútico 1 x 1 Juventude

Gols: Gilmar (NAU) 38/1° T. Wallacer (JUV) 13/2°T.

Público: 5.903

Renda: 43.565,00 reais

Eduardo Tomaz de Aquino Valadão apitou o jogo, auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Edson Antônio de Souza.


Recomendados para você

Comentários

Escrete de Ouro

No duelo dos opostos, Náutico e Juventude empatam na Arena Pernambuco



Publicado em 12/07/2017, às 00:11


Rádio Jornal
Fellipe Leandro

[IMAGEM]

Em jogo truncado e de forte marcação, Náutico e Juventude empataram na noite desta terça-feira, na Arena Pernambuco, pela 13ª rodada do campeonato brasileiro da série B. O time alvirrubro saiu na frente do placar, marcou bem, em boa parte do jogo não deu espaço para o juventude jogar, mas em um bate rebate o time gaúcho chegou ao empate.

Ouça os gols na voz de Roberto Queiróz.

[uolmais_audio 16266364]

[uolmais_audio 16266367]

O jogo

O primeiro tempo da partida teve poucas oportunidades para ambas as equipes. Os goleiros foram pouco exigidos devido à marcação que os dois times aplicaram. A primeira boa oportunidade do Náutico surgiu aos 7 minutos em um chute de Suelinton. Após o rebote do goleiro, o lateral alvirrubro finalizou, mas Matheus segurou a bola. O jogo permaneceu trucando até que aos 38 minutos, Ávila carregou a bola pela lateral e cruzou na medida para Gilmar, o atacante muito bem posicionado, se antecipou a defesa do time gaúcho e bateu de chapa para abrir o placar, surpreendendo o goleiro do Juventude.  No final da primeira etapa, Tiago Cardoso quase complicou a vida do náutico. O arqueiro do timbu saiu do gol para cortar a bola, mas se complicou. Juninho pegou a bola, driblou o goleiro, mas na hora do chute ficou sem espaço para finalizar.

Visando dar mais velocidade a equipe alviverde, Gilmar apostou em Caprini no lugar de Juninho no segundo tempo. O treinador avançou os dois laterais com o intuito de deixar os atacantes com mais liberdade. O time do Náutico estava bem postado e marcando bem. O que dificultava as ações do Juventude que não conseguia entrar na defesa alvirrubra. Aos 13 minutos, em um momento de erro de posicionamento da defesa timbu, o Juventude chegou ao empate. Após cruzamento, em um bate rebate, a bola sobrou para Wallacer que chutou, a bola desviou em Léo Carioca e parou no fundo das redes de Tiago Cardoso. Pouco a pouco o Juventude foi encontrando brechas para atacar. Aos 31 minutos Leílson bateu uma falta perigosa e Tiago Cardoso fez uma bela defesa.  A última boa oportunidade jogo foi do Náutico. Giovanni tocou para Iago que chutou, a bola desviou, mas chegou sem dificuldades para Matheus fazer a defesa. Mesmo com o empate a torcida alvirrubra cantou que acredita na reação do time.

O Náutico segue na lanterna do campeonato, agora com 6 pontos conquistados. O Timbu tem pela frente o Santa Cruz. O clássico será na Arena Pernambuco , no próximo sábado às 16:30.

 Ficha do jogo

Náutico: Tiago Cardoso;  Suelinton, Breno, Feliphe Gabriel e Léo Carioca; Amaral, Darlan Bispo (Jobson), Giovanni e Ávila(Iago); Erick e Gilmar(Gerônimo). Técnico: Beto Campos

Juventude: Matheus Cavichioli; Tinga, Michael, Ruan e Bruno Collaço; Fael, Diego Felipe(Lucas), Juninho Silva (Caprini) e Wallacer; Ramon (Leison) e Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Placar: Naútico 1 x 1 Juventude

Gols: Gilmar (NAU) 38/1° T. Wallacer (JUV) 13/2°T.

Público: 5.903

Renda: 43.565,00 reais

Eduardo Tomaz de Aquino Valadão apitou o jogo, auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Edson Antônio de Souza.