Interior | Homicídio

Polícia prende suspeitos de matar homem com 52 facadas em Goiana


Os dois jovens foram presos em João Pessoa durante operação em conjunto das polícias de Pernambuco e Paraíba; crime aconteceu em Goiana em março

Publicado em 01/08/2017, às 11:20

Rádio Jornal

Ilustração/Rádio Jornal
Ilustração/Rádio Jornal

Dois jovens foram presos suspeitos de matar um homem com 52 facadas em Goiana, Zona da Mata de Pernambuco. Danilo Gabriel dos Santos, 18, e Davi Carlos dos Santos, 19, estavam no bairro de Valentina, na Zona Sul de João Pessoa. O crime aconteceu no mês de março deste ano, e resultou no assassinato de João Victor Firmino Bezerra, 21, por uma suposta disputa pelo tráfico de drogas. A prisão dos suspeitos aconteceu durante operação em conjunto das polícias de Pernambuco e da Paraíba.



Saiba mais sobre a ação da polícia

Os dois suspeitos estavam escondidos no bairro de Valentina, na Zona Sul de João Pessoa. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz Gilberto de Souza, da 1º vara criminal da comarca de Goiana. A motivação do crime seria uma disputa pelo tráfico de drogas na cidade. 


Recomendados para você

Comentários

Interior

Polícia prende suspeitos de matar homem com 52 facadas em Goiana



Publicado em 01/08/2017, às 11:20


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Dois jovens foram presos suspeitos de matar um homem com 52 facadas em Goiana, Zona da Mata de Pernambuco. Danilo Gabriel dos Santos, 18, e Davi Carlos dos Santos, 19, estavam no bairro de Valentina, na Zona Sul de João Pessoa. O crime aconteceu no mês de março deste ano, e resultou no assassinato de João Victor Firmino Bezerra, 21, por uma suposta disputa pelo tráfico de drogas. A prisão dos suspeitos aconteceu durante operação em conjunto das polícias de Pernambuco e da Paraíba.

Saiba mais sobre a ação da polícia

Os dois suspeitos estavam escondidos no bairro de Valentina, na Zona Sul de João Pessoa. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz Gilberto de Souza, da 1º vara criminal da comarca de Goiana. A motivação do crime seria uma disputa pelo tráfico de drogas na cidade.