Notícia | ECONOMIA

Varejo tem resultado mais consistente desde 2014, aponta IBGE


O economista Ecio Costa repercutiu os dados animadores do IBGE para varejo no Brasil

Publicado em 17/08/2017, às 10:09

Rádio Jornal

Foto: reprodução/internet

O varejo brasileiro mostrou forte alta em junho, acima do esperado e influenciada sobretudo pelo avanço das vendas de bens duráveis. É o terceiro mês seguido de alta em meio a queda dos juros e inflação baixa.

Ouça os detalhes na coluna Economia e Negócios

Resultado animador

As vendas no varejo subiram 1,2% em junho sobre o mês anterior e 3% na comparação com o mesmo período de 2016, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (15). Com isso, o setor fechou o segundo trimestre de 2017 com alta de 2,5% sobre igual período de 2016, melhor trimestre em 3 anos.



O resultado veio muito acima das estimativas dos analistas consultados pela Reuters, de alta de 0,40% na comparação com maio e 1,90% na anual.


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Varejo tem resultado mais consistente desde 2014, aponta IBGE



Publicado em 17/08/2017, às 10:09


Rádio Jornal

[IMAGEM]

O varejo brasileiro mostrou forte alta em junho, acima do esperado e influenciada sobretudo pelo avanço das vendas de bens duráveis. É o terceiro mês seguido de alta em meio a queda dos juros e inflação baixa.

Ouça os detalhes na coluna Economia e Negócios

[uolmais_audio 16293351]

Resultado animador

As vendas no varejo subiram 1,2% em junho sobre o mês anterior e 3% na comparação com o mesmo período de 2016, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (15). Com isso, o setor fechou o segundo trimestre de 2017 com alta de 2,5% sobre igual período de 2016, melhor trimestre em 3 anos.

O resultado veio muito acima das estimativas dos analistas consultados pela Reuters, de alta de 0,40% na comparação com maio e 1,90% na anual.