Notícia | BRASIL

Bolsonaro leva ovada em cafeteria no interior de SP


O deputado Jair Bolsonaro registrou boletim de ocorrência na central de flagrantes da Polícia Civil

Publicado em 18/08/2017, às 07:46

Rádio Jornal

Foto: Reprodução

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi hostilizado e levou uma ovada de uma mulher durante uma visita a Ribeirão Preto (SP) na tarde desta quinta-feira (17). O incidente aconteceu dentro de uma cafeteria da cidade.

Logo após a agressão ao deputado, a manifestante foi foi retirada do local. Bolsonaro registrou boletim de ocorrência na central de flagrantes da Polícia Civil, onde prestou depoimento.



Bolsonaro falou sobre o caso

A suspeita de hostilizar o deputado, que seria do PCdoB, e um homem foram detidos pela Polícia Militar e foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimentos. A assessoria do deputado não comentou o assunto.

Após o incidente, o deputado comentou o incidente no Twitter: "Reparem que após a agressão fui chamado de tudo menos de corrupto! Estamos no caminho certo!", disse.


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Bolsonaro leva ovada em cafeteria no interior de SP



Publicado em 18/08/2017, às 07:46


Rádio Jornal

[IMAGEM]

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi hostilizado e levou uma ovada de uma mulher durante uma visita a Ribeirão Preto (SP) na tarde desta quinta-feira (17). O incidente aconteceu dentro de uma cafeteria da cidade.

Logo após a agressão ao deputado, a manifestante foi foi retirada do local. Bolsonaro registrou boletim de ocorrência na central de flagrantes da Polícia Civil, onde prestou depoimento.

Bolsonaro falou sobre o caso

A suspeita de hostilizar o deputado, que seria do PCdoB, e um homem foram detidos pela Polícia Militar e foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimentos. A assessoria do deputado não comentou o assunto.

Após o incidente, o deputado comentou o incidente no Twitter: "Reparem que após a agressão fui chamado de tudo menos de corrupto! Estamos no caminho certo!", disse.