Notícia | POLÍTICA

PMDB Nacional se reúne e pode decidir por intervenção no diretório estadual do partido


A filiação do senador Fernando Bezerra Coelho ao PMDB está gerando atrito interno no diretório estadual do partido em Pernambuco

Publicado em 13/09/2017, às 15:37

Rádio Jornal

Foto: Reprodução/ Twitter PMDB_Nacional

A executiva do PMDB Nacional se reúne na tarde desta quarta-feira (13) em Brasília e decidirá, entre outros assuntos, por uma intervenção no diretório estadual do partido em Pernambuco. Entre os presentes, o presidente do PMDB, Romero Jucá, e o presidente da sigla em Pernambuco, Raul Henry.  

O senador Fernando Bezerra Coelho fará um pronunciamento na tarde desta quarta-feira no plenário do Senado e deve responder às críticas que o deputado Jarbas Vasconcelos fez nesta terça-feira sobre a sua filiação ao partido.



Polêmica filiação

Filiado há uma semana ao PMDB, FBC entrou no partido com promessa do presidente nacional, Romero Jucá, de que poderia lançar uma candidatura para governador de Pernambuco e assumir o comando da sigla em Pernambuco. As informações não oficiais apontam que essa indicação cairia no ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB). Em entrevista à Rádio Jornal, inclusive, o senador disse que o filho está preparado para disputar o Governo de Pernambuco.

O vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, chamou a postura de FBC de “traiçoeira” e afirmou que pode judicializar o caso para não perder o comando do PMDB Estadual.


Recomendados para você

Comentários

Notícia

PMDB Nacional se reúne e pode decidir por intervenção no diretório estadual do partido



Publicado em 13/09/2017, às 15:37


Rádio Jornal

[IMAGEM]

A executiva do PMDB Nacional se reúne na tarde desta quarta-feira (13) em Brasília e decidirá, entre outros assuntos, por uma intervenção no diretório estadual do partido em Pernambuco. Entre os presentes, o presidente do PMDB, Romero Jucá, e o presidente da sigla em Pernambuco, Raul Henry.  

O senador Fernando Bezerra Coelho fará um pronunciamento na tarde desta quarta-feira no plenário do Senado e deve responder às críticas que o deputado Jarbas Vasconcelos fez nesta terça-feira sobre a sua filiação ao partido.

Polêmica filiação

Filiado há uma semana ao PMDB, FBC entrou no partido com promessa do presidente nacional, Romero Jucá, de que poderia lançar uma candidatura para governador de Pernambuco e assumir o comando da sigla em Pernambuco. As informações não oficiais apontam que essa indicação cairia no ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB). Em entrevista à Rádio Jornal, inclusive, o senador disse que o filho está preparado para disputar o Governo de Pernambuco.

O vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, chamou a postura de FBC de “traiçoeira” e afirmou que pode judicializar o caso para não perder o comando do PMDB Estadual.