Interior | Agreste

Homem tem cabeça arrancada após ser morto a tiros em Gravatá


Cabeça do jovem de 21 anos ainda não foi encontrada. Padrasto da vítima disse que ele participava de rituais de ocultismo

Publicado em 13/11/2017, às 08:37

Rádio Jornal

Foto: Pixabay

Um crime brutal foi registrado nesse sábado (11) em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O vendedor Jônata Luís da Silva Ferreira, de 21 anos, foi morto a tiros e depois foi decapitado.

De acordo com informações da polícia, o jovem vendia DVDs no centro da cidade, tinha envolvimento com o tráfico de drogas e cometia furtos na localidade onde morava. A policia informou também que a cabeça da vítima ainda não foi encontrada.



O padrasto de Jônata contou que o enteado frequentava rituais de ocultismo. A autoria e a motivação do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil. O corpo da vítima foi liberado na manhã dessa segunda-feira (13) do IML de Caruaru.

Confira mais detalhes na reportagem de Berg Santos:


Recomendados para você

Comentários

Interior

Homem tem cabeça arrancada após ser morto a tiros em Gravatá



Publicado em 13/11/2017, às 08:37


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Um crime brutal foi registrado nesse sábado (11) em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O vendedor Jônata Luís da Silva Ferreira, de 21 anos, foi morto a tiros e depois foi decapitado.

De acordo com informações da polícia, o jovem vendia DVDs no centro da cidade, tinha envolvimento com o tráfico de drogas e cometia furtos na localidade onde morava. A policia informou também que a cabeça da vítima ainda não foi encontrada.

O padrasto de Jônata contou que o enteado frequentava rituais de ocultismo. A autoria e a motivação do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil. O corpo da vítima foi liberado na manhã dessa segunda-feira (13) do IML de Caruaru.

Confira mais detalhes na reportagem de Berg Santos:

[uolmais_audio 16350281]