Notícia | SUSTO

Irmãos são socorridos após incêndio atingir residência deles em Olinda


Uma criança deficiente de 6 anos e o irmão dela, um jovem de 19 anos, estavam dormindo quando o incêndio começou, provocado por uma vela

Publicado em 14/11/2017, às 08:56

Rádio Jornal

Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

No dia seguinte a um incêndio que destruiu parte de um quarto e a sala de um primeiro andar na Rua Campo Sales, no bairro de Santa Tereza, em Olinda, os dois irmãos vítimas das chamas recebem os cuidados em unidades de saúde na cidade e também do Recife, no Hospital da Restauração.

Uma criança deficiente com 6 anos dormia ao lado do irmão de 19 anos quando o fogo atingiu a parte de cima do beliche onde dormiam na noite passada. De acordo com a família, faltava luz no momento do incidente e uma vela foi acesa por Kelvin Jean Zipolli, o irmão mais velho. A vela teria provocado o acidente doméstico.



Marcone Francisco, primo das vítimas, ajudou no resgate das vítimas e relata o ocorrido. “Era umas 21h para 22h, quando ele botou uma vela em cima do guarda roupa e deu um cochilo de 5 a 10 minutos, quando ele se acordou o fogo já estava”, disse.

A criança foi levada para o Hospital da Restauração e o jovem para a UPA de Tabajara.

Uma outra irmã que dormia na parte de baixo do beliche não se feriu. A avó, responsável pelos três irmãos, estava trabalhando no momento do incêndio.

Confira os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Irmãos são socorridos após incêndio atingir residência deles em Olinda



Publicado em 14/11/2017, às 08:56


Rádio Jornal

[IMAGEM]

No dia seguinte a um incêndio que destruiu parte de um quarto e a sala de um primeiro andar na Rua Campo Sales, no bairro de Santa Tereza, em Olinda, os dois irmãos vítimas das chamas recebem os cuidados em unidades de saúde na cidade e também do Recife, no Hospital da Restauração.

Uma criança deficiente com 6 anos dormia ao lado do irmão de 19 anos quando o fogo atingiu a parte de cima do beliche onde dormiam na noite passada. De acordo com a família, faltava luz no momento do incidente e uma vela foi acesa por Kelvin Jean Zipolli, o irmão mais velho. A vela teria provocado o acidente doméstico.

Marcone Francisco, primo das vítimas, ajudou no resgate das vítimas e relata o ocorrido. “Era umas 21h para 22h, quando ele botou uma vela em cima do guarda roupa e deu um cochilo de 5 a 10 minutos, quando ele se acordou o fogo já estava”, disse.

A criança foi levada para o Hospital da Restauração e o jovem para a UPA de Tabajara.

Uma outra irmã que dormia na parte de baixo do beliche não se feriu. A avó, responsável pelos três irmãos, estava trabalhando no momento do incêndio.

Confira os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

[uolmais_audio 16350970]