Notícia | Brasília

Criticada por setores do PT, Lula exalta pré-candidatura do PCdoB


Setores do PT criticaram o lançamento da pré-candidatura própria do PCdoB, que tradicionalmente apoia as candidaturas em que o PT está na cabeça de chapa

Publicado em 20/11/2017, às 10:23

Rádio Jornal

Foto: Ricardo Stuckert/Reprodução lula.com.br

A deputada estadual Manuela D'Ávila (RS) foi lançada pré-candidata à Presidência da República há menos de um mês pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), a movimentação do partido causou desconforto e críticas por parte de setores do PT, que consideraram um "erro" candidatura própria do aliado e aposta na aliança para uma chapa que tenha o PT na cabeça. No entanto, o ex-presidente Lula falou nesse final de semana que a candidatura da comunista "não cria rusgas" entre eles e entre os dois partidos.

"Querida Manuela , não pense que o fato de você ser pré-candidata cria alguma rusga entre nós, pelo contrário. Continuamos juntos e companheiros. Salve o PCdoB!", disse Lula, que participou do 14º Congresso do PCdoB nesse domingo (19).

"E eu sou o primeiro a achar que todo partido político tem direito a ter um candidato", concluiu o ex-presidente e pré-candidato do PT, alegando que os dois partidos construíram muito juntos e que a relação continua, independente de candidaturas.



Críticas do PT

Logo após o anúncio da pré-candidatura própria do PCdoB, o senador petista Lindhberg Farias (RJ) disse que a decisão do partido aliado era um "erro" e que a posição correta do PCdoB seria defender a candidatura de Lula.

Leia na íntegra a declaração de Lindhberg:

"Tenho muito respeito pelo PCdoB e por Manuela D’Ávila. Eles têm todo o direito de lançar candidato à presidência. Agora, eu acho um erro. Não estamos em um momento de normalidade democrática. Houve um golpe. Sou contra qualquer aliança com o PMDB e outros golpistas. Defendo uma aliança do nosso campo de esquerda. Acho que a posição correta seria o PCdoB estar com Lula desde agora defendendo sua candidatura".


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Criticada por setores do PT, Lula exalta pré-candidatura do PCdoB



Publicado em 20/11/2017, às 10:23


Rádio Jornal

[IMAGEM]

A deputada estadual Manuela D'Ávila (RS) foi lançada pré-candidata à Presidência da República há menos de um mês pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), a movimentação do partido causou desconforto e críticas por parte de setores do PT, que consideraram um "erro" candidatura própria do aliado e aposta na aliança para uma chapa que tenha o PT na cabeça. No entanto, o ex-presidente Lula falou nesse final de semana que a candidatura da comunista "não cria rusgas" entre eles e entre os dois partidos.

"Querida Manuela [D'Ávila], não pense que o fato de você ser pré-candidata cria alguma rusga entre nós, pelo contrário. Continuamos juntos e companheiros. Salve o PCdoB!", disse Lula, que participou do 14º Congresso do PCdoB nesse domingo (19).

"E eu sou o primeiro a achar que todo partido político tem direito a ter um candidato", concluiu o ex-presidente e pré-candidato do PT, alegando que os dois partidos construíram muito juntos e que a relação continua, independente de candidaturas.

Críticas do PT

Logo após o anúncio da pré-candidatura própria do PCdoB, o senador petista Lindhberg Farias (RJ) disse que a decisão do partido aliado era um "erro" e que a posição correta do PCdoB seria defender a candidatura de Lula.

Leia na íntegra a declaração de Lindhberg:

"Tenho muito respeito pelo PCdoB e por Manuela D’Ávila. Eles têm todo o direito de lançar candidato à presidência. Agora, eu acho um erro. Não estamos em um momento de normalidade democrática. Houve um golpe. Sou contra qualquer aliança com o PMDB e outros golpistas. Defendo uma aliança do nosso campo de esquerda. Acho que a posição correta seria o PCdoB estar com Lula desde agora defendendo sua candidatura".