Interior | RELIGIÃO

Aposentado caminha 100 km para pagar promessa no Morro da Conceição


José Marcelino saiu da cidade de Vicência caminhando em direção ao Morro da Conceição do Recife

Publicado em 07/12/2017, às 09:29

Rádio Jornal

Foto: Diego Nigro/Arquivo JC Imagem Foto: Diego Nigro/Arquivo JC Imagem
Foto: Diego Nigro/Arquivo JC Imagem

O aposentado José Marcelino Pereira, de 63 anos, vai caminhar mais de 100 quilômetros para pagar uma promessa à Nossa Senhora da Conceição. Ele saiu de casa na cidade de Vicência, na Zona da Mata Norte do Estado, às 4h dessa quarta-feira (6) e deve chegar ao Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife, por volta das 11h desta quinta-feira (7), véspera do feriado dedicado à Santa.

Este é o terceiro ano que o aposentado faz o percurso a pé. A ideia surgiu em 2012, quando foi eleito vereador. Com outras graças
alcançadas, o funcionário público aposentado pretende continuar cumprindo a promessa.



Caminhada

O percurso conta apenas com uma parada para descansar na casa de um irmão em São Lourenço da Mata. Para o aposentado, a trajetória é "uma caminhada de fé". Saiba mais na reportagem de Ramos Silva:


Recomendados para você

Comentários

Interior

Aposentado caminha 100 km para pagar promessa no Morro da Conceição



Publicado em 07/12/2017, às 09:29


Rádio Jornal

[IMAGEM]

O aposentado José Marcelino Pereira, de 63 anos, vai caminhar mais de 100 quilômetros para pagar uma promessa à Nossa Senhora da Conceição. Ele saiu de casa na cidade de Vicência, na Zona da Mata Norte do Estado, às 4h dessa quarta-feira (6) e deve chegar ao Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife, por volta das 11h desta quinta-feira (7), véspera do feriado dedicado à Santa.

Este é o terceiro ano que o aposentado faz o percurso a pé. A ideia surgiu em 2012, quando foi eleito vereador. Com outras graças
alcançadas, o funcionário público aposentado pretende continuar cumprindo a promessa.

Caminhada

O percurso conta apenas com uma parada para descansar na casa de um irmão em São Lourenço da Mata. Para o aposentado, a trajetória é "uma caminhada de fé". Saiba mais na reportagem de Ramos Silva:

[uolmais_audio 16363526]