Notícia | VIOLÊNCIA

Poucas horas após ser solto, ex-presidiário é morto em Igarassu


O ex-presidiário Antônio Marcos Pereira, de 30 anos, e o seu cunhado, que também foi morto, foram atingidos por disparos de arma de fogo

Publicado em 12/01/2018, às 17:14

Rádio Jornal

Foto: Divulgação

Um ex-presidiário foi morto na tarde desta sexta-feira (12), poucas horas depois de ser solto. Antônio Marcos Pereira, de 30 anos, e seu cunhado, Glauco da Silva Santos, de 40 anos, que também foi morto, foram atingidos por disparos de arma de fogo, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.

O crime aconteceu na Zona Rural de Igarassu e as vítimas estavam em uma Kombi quando foram surpreendidas com tiros. O delegado Evaristo Ferreira Neto, responsável pelas investigações, acredita que o crime tenha sido uma execução, devido a quantidade de disparos. Ele esteve no local e avaliou que alguns tiros também tenham sido efetuados de dentro do veículo.



Segundo a Polícia, Glauco da Silva tinha ido buscar o cunhado na prisão. No veículo foram encontradas marcas de bala nas portas e nos vidros da frente. Antônio Marcos estava preso por porte ilegal de arma, homicídio e tráfico de drogas

Os corpos foram recolhidos do local e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Poucas horas após ser solto, ex-presidiário é morto em Igarassu



Publicado em 12/01/2018, às 17:14


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Um ex-presidiário foi morto na tarde desta sexta-feira (12), poucas horas depois de ser solto. Antônio Marcos Pereira, de 30 anos, e seu cunhado, Glauco da Silva Santos, de 40 anos, que também foi morto, foram atingidos por disparos de arma de fogo, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.

O crime aconteceu na Zona Rural de Igarassu e as vítimas estavam em uma Kombi quando foram surpreendidas com tiros. O delegado Evaristo Ferreira Neto, responsável pelas investigações, acredita que o crime tenha sido uma execução, devido a quantidade de disparos. Ele esteve no local e avaliou que alguns tiros também tenham sido efetuados de dentro do veículo.

Segundo a Polícia, Glauco da Silva tinha ido buscar o cunhado na prisão. No veículo foram encontradas marcas de bala nas portas e nos vidros da frente. Antônio Marcos estava preso por porte ilegal de arma, homicídio e tráfico de drogas

Os corpos foram recolhidos do local e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.