Notícia | INTERNACIONAL

Tiroteio em escola na Flórida deixa mortos e feridos


Pelo menos 17 pessoas morreram e o número de feridos pode chegar a 50 pessoas. O atirador de 19 anos é ex-aluno e foi identificado como Nícolas Cruz

Publicado em 14/02/2018, às 19:57

Rádio Jornal

Imagem de vídeo da WSVN.com via REUTERS

Segundo o The New York Times, pelo menos 17 pessoas morreram no tiroteio ocorrido hoje (14) na escola secundária Stoneman Douglas High School, em Parkland, na Florida. A CBS News informou que entre 20 e 50 pessoas ficaram feridas após um atirador abrir fogo no local com um rifle. 

O atirador tem 19 anos e foi identificado como Nícolas Cruz. Segundo professores, ele era ex-aluno e já havia ameaçado outros estudantes da unidade de ensino.  Parkland é uma cidade de pouco mais de 20 mil pessoas,perto de Boca Raton, no condado de Broward, Flórida. Cerca de 3000 estudantes frequentam a Stoneman Douglas High School. 



Acompanhamento

Tanto o governador da Flórida, Rick Scott, como o presidente dos EUA, Donald Trump, acompanham de perto a investigação sobre o tiroteio. "O presidente está a par do tiroteio na escola da Flórida e seguimos de perto a situação. Nossos pensamentos e orações estão com as vítimas", informou a Casa Branca em comunicado. 

Com informações da Agência Brasil 


Recomendados para você

Comentários

Notícia

Tiroteio em escola na Flórida deixa mortos e feridos



Publicado em 14/02/2018, às 19:57


Rádio Jornal

[IMAGEM]

Segundo o The New York Times, pelo menos 17 pessoas morreram no tiroteio ocorrido hoje (14) na escola secundária Stoneman Douglas High School, em Parkland, na Florida. A CBS News informou que entre 20 e 50 pessoas ficaram feridas após um atirador abrir fogo no local com um rifle. 

O atirador tem 19 anos e foi identificado como Nícolas Cruz. Segundo professores, ele era ex-aluno e já havia ameaçado outros estudantes da unidade de ensino.  Parkland é uma cidade de pouco mais de 20 mil pessoas,perto de Boca Raton, no condado de Broward, Flórida. Cerca de 3000 estudantes frequentam a Stoneman Douglas High School. 

Acompanhamento

Tanto o governador da Flórida, Rick Scott, como o presidente dos EUA, Donald Trump, acompanham de perto a investigação sobre o tiroteio. "O presidente está a par do tiroteio na escola da Flórida e seguimos de perto a situação. Nossos pensamentos e orações estão com as vítimas", informou a Casa Branca em comunicado. 

Com informações da Agência Brasil