Café, poesia e as pernas esticadas no sofá

Café & Conversa: “Café tem de ser sem presa, sem vexame. Sem aperreio”