A pressão estética penaliza as mulheres de todas as idades?

Consultório do Rádio Livre: Mudar a aparência, ter corpo escultural, barriga de tanquinho, pele perfeita e sem marcas. Nas redes sociais, tudo isso é possível. Só que na vida real é bem diferente. Essa busca pela perfeição corporal e a insatisfação com a própria imagem, aparentemente, sempre foi muito comum entre os adultos, o que já era preocupante. Uma pesquisa realizada por uma empresa que trabalha com pesquisa e inteligência de mercado feminino revelou que em 2016, cerca de 56% das mulheres estavam insatisfeitas com a aparência. Entretanto, segundo uma organização australiana, busca pela aparência considerada perfeita está acontecendo muito antes do que se pensava. A organização revela que 38% das meninas de 4 anos estão não gostam dos seus corpos. Mas será que pressão estética penaliza as mulheres de todas as idades? Sobre o assunto, Leandro Oliveira e Lílian Fonsêca entrevistam a psicóloga e psicanalista Débora Rocha e a psicóloga Maysa Bezerra.