A saúde de quem trabalha incansavelmente enquanto a gente espera

Consultório do Rádio Livre: Enquanto 2% da população pernambucana foi vacina contra a covid-19, boa parte dos pernambucanos aguardam para serem devidamente imunizados contra a doença. No entanto, os profissionais da saúde que atuam na linha de frente da pandemia estão trabalhando incansavelmente em meio ao alto índice de ocupação dos leitos de UTI para o tratamento do coronavírus. Para falar do assunto, Anne Barretto e Leandro Oliveira conversam com o médico infectologista e Chefe do Serviço de Infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), Demtrius Montenegro, e o enfermeiro pós-graduado em Urgência e Emergência, Romero Veiga.