Crônica da Política: se é pra escrachar, conte com a gente