Educação remota em época de pandemia, as perdas e ganhos no ensino

Debate da Super Manhã: Adaptações, falta de suporte tecnológico, de supervisão ou distrações a todo momento. Esses foram alguns dos empecilhos encontrados por quem precisa estudar remotamente em época de pandemia. Desde a educação infantil a graduação e especializações, foi necessária uma série de mudanças para se adaptar a esse momento tão único da História. De acordo com um relatório elaborado pelo Banco Mundial, 71% dos alunos da América Latina não vão aprender a ler nos próximos anos. Em meio a todo esse cenário, é possível encontrar ganhos? Quem saiu perdendo? Quais são as soluções para esses problemas? No Debate da Super Manhã desta terça-feira (23), o comunicador Wagner Gomes conversa sobre “Educação remota, perdas e ganhos”. Participam do debate , José Ricardo Diniz , professor e presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco (Sinepe-PE). O Especialista em educação no porto digital, da JOY STREET, Luciano Meira, e a pedagoga com Doutorado em Educação Matemática e Tecnológica Valéria Oliveira.