O agravamento da pandemia e a falta de profissionais especializados

Debate da Super Manhã: O rápido agravamento da pandemia no Brasil pressiona hospitais que já lidam com a insuficiência de leitos e a escassez de remédios. O risco de um apagão de profissionais especializados também é um problema. No caótico ambiente hospitalar, gestores e entidades de nove estados como: Bahia, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rondônia, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e Tocantis relatam falta de intensivistas, dificuldades no atendimento ou necessidade de abrir rodadas de processos seletivo para contratar temporários. No Debate da Super Manhã desta segunda-feira (29), o comunicador Wagner Gomes conversa com o presidente do Sindicato dos Hospitais de Pernambuco (Sindhospe) George Trigueiro, o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Cremepe) Mário Fernando Lins e o secretário estadual de Saúde , André Longo.