#013 As risadas do Coringa

O Fato É...: Nesta semana vamos falar sobre as polêmicas envolvendo o filme Coringa. Desde antes de sua estreia oficial, a película já levantava discussões acaloradas. A primeira seria em relação ao suposto estímulo que o filme poderia ter sobre pessoas como a do personagem Arthur Fleck, uma pessoa marginalizada pela sociedade e que sai em fúria matando pessoas. Nos EUA a segurança foi reforçada nas salas de cinema. No Recife um fã do palhaço assustou espectadores numa sessão de cinema de shopping. Foram várias polêmicas, a última polêmica envolve a trilha sonora, que tem a canção "Rock and Roll Part 2", de Gary Glitter, pedófilo condenado em 2015. E não para por aí. No Brasil, a película virou mais uma peça de discussão entre esquerda e direita. Para alguns, a produção escancara o quanto o pensamento revolucionário é danoso, para outros, o filme traz toda a simbologia de luta de classes descrita por Karl Marx. Neste programa, Leonardo Spinelli e Thiago Wagner abrem um debate com os jornalistas Ernesto Barros, crítico de cinema do Jornal do Commercio e com Felipe Vieira, editor executivo do Jornal… todos deram nota 10. O programa também tem entrevistas com o doutor em psiquiatria, psicanálise e saúde mental pela UFRJ, Elie Cheniaux e com o jornalista e publicitário Guilherme Coutinho. Coloque os fones e Smile, como diz a canção de Charles Chaplin, que está na trilha….HAHAHAHAHAH!