Saiba o que mudou após 10 anos de vigência da lei de alienação parental

Pais, filhos e famílias: alienação parental é a prática de induzir na criança ou no adolescente a raiva ou o desgosto pelo pai ou pela mãe. Ou seja, é quando dentro da própria família, uma pessoa destrói a imagem positiva que o filho tem em relação a um dos pais, ou aos dois. Neste episódio a psicóloga Bruna Vaz, do Centro de Pesquisa em Psicanálise e Linguagem (CPPL), explica o que mudou após 10 anos de vigência da lei de alienação parental.