Com Reforma da Previdência, SUS pode diminuir distribuição de remédios


Geraldo Freire
Geraldo Freire
Publicado em 12/04/2019 às 9:00
Leitura:

A reforma da Previdência, se aprovada com o texto original apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), poderá reduzir a distribuição de remédios a pacientes da rede pública de saúde obtidos com decisão judicial. A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) com novas regras para aposentadorias e pensões deverá limitar a judicialização da saúde. A informação foi abordada em reportagem da Folha de S. Paulo desta sexta-feira (12). O assunto repercutiu na bancada do Passando a Limpo e o advogado previdencialista Paulo Perazzo foi entrevistado sobre a questão.