Decisão sobre suspeição de Moro e as consequências políticas

Passando a Limpo: No programa desta quarta-feira(24) , por três votos a favor e dois contra, o Supremo Tribunal Federal considera que o juiz Sergio Moro não julgou ações contra o ex-presidente Lula de forma imparcial. Em discussão desde 2018, decisão da Segunda Turma do STF chegou a ficar empatada, antes do pedido de vista do ministro Kássio Nunes Marques, e teve mudança do voto da ministra Cármen Lúcia na finalização. A bancada composta por Igor Maciel, Maria Luiza Borges, Romoaldo de Souza e Wagner Gomes , debate o assunto com o senador Alvaro Dias (Podemos-PR).